Comparando Uanhenga Xitu e Lima Barreto: cisões estéticas e sociais

Revista TEL Tempo Espaço Linguagem

Endereço:
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE Setor de Ciências Humanas Letras e Artes Programa de Pós-graduação Stricto Sensu Mestrado em História Campus de Irati – PR PR 153 – Km 07 – Riozinho
Irati / PR
84500-000
Site: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/tel
Telefone: (42)3421-3129
ISSN: 2177-6644
Editor Chefe: Oseias de Oliveira
Início Publicação: 31/12/2009
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: História

Comparando Uanhenga Xitu e Lima Barreto: cisões estéticas e sociais

Ano: 2014 | Volume: 5 | Número: 3
Autores: Ubiratã Souza
Autor Correspondente: SOUZA, U. | ubirata.souza@usp.br

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O presente artigo propõe uma comparação entre o conto “Mestre Tamoda”, do escritor angolano Uanhenga Xitu, e “O homem que sabia javanês”, do escritor brasileiro Lima Barreto, objetivando delinear as semelhanças e diferenças estéticas de ambas as obras e, a partir disso, refletir dialeticamente em como essas diferenças e semelhanças estão relacionadas com a História de Angola e do Brasil.

Resumo Inglês:

This article proposes a comparison between the tales “Mestre Tamoda”, of an Angolan writer, Uanhenga Xitu, and “O homem que sabia javanes”, of a Brazilian writer, Lima Barreto, aiming to outline the similarities and the differences in both works, and then to reflect dialectically on how these similarities and differences are related to the History of Angola and Brazil. Keywords: literature and History, angolan literature, brazilian literature, colonialism, comparative
studies of literature.

Resumo Espanhol:

En este trabajo se propone una comparación entre el cuento "Mestre Tamoda", escrito por el angoleño Uanhenga Xitu, y "El hombre que sabía javanés", escrito por el brasileño Lima Barreto, con el objetivo de trazar las similitudes y diferencias estéticas. A partir de esto, tenemos la intención de reflejar dialécticamente sobre cómo estas diferencias y similitudes tienen que ver con la historia de Angola y Brasil. Palabras clave: literatura e historia, literatura angoleña, literatura brasileña, colonialismo, estudios de literatura comparada.