O Movimento Sem Terra e a educação escolar: a construção de uma proposta pedagógica para além dos muros da escola

REVISTA DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO

Endereço:
Av. de Cillo, 3500 Pq Universitário
AMERICANA / SP
13467600
Site: /200.206.4.13/ojs/index.php/educacao/
Telefone: (19) 3471-9700
ISSN: 1518-7039
Editor Chefe: MARIA LUISA BISSOTO
Início Publicação: 31/05/1999
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Educação

O Movimento Sem Terra e a educação escolar: a construção de uma proposta pedagógica para além dos muros da escola

Ano: 2011 | Volume: 1 | Número: 25
Autores: Vitor Machado
Autor Correspondente: Vitor Machado | machadovitor@bol.com.br

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este trabalho procurou desenvolver algumas reflexões sobre o modelo de educação e de
escola do ensino fundamental, implantado nos acampamentos e assentamentos do MST
(Movimento Sem Terra), entre a última década do século XX e o início da primeira
década do século XXI. As discussões foram realizadas adotando-se como referência
alguns textos publicados no Caderno de Educação nº 13, edição especial, que se intitula
“Dossiê MST Escola”, produzido pelo Instituto de Capacitação e Pesquisa da Reforma
Agrária (ITERRA), organizado pelo Setor de Educação do MST, no ano de 2005. Esse
material reúne as mais importantes análises e reflexões acerca de documentos oficiais
elaborados pelos Sem Terras, que regem os modelos de educação e de escola, aplicados
em seus acampamentos e assentamentos. Através de uma análise sintetizada de alguns
desses documentos, discutimos passo a passo, a trajetória e os avanços das propostas
pedagógicas do MST