Teoria, metodologia e política no fazer dos intelectuais africanos

Revista TEL Tempo Espaço Linguagem

Endereço:
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE Setor de Ciências Humanas Letras e Artes Programa de Pós-graduação Stricto Sensu Mestrado em História Campus de Irati – PR PR 153 – Km 07 – Riozinho
Irati / PR
84500-000
Site: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/tel
Telefone: (42)3421-3129
ISSN: 2177-6644
Editor Chefe: Oseias de Oliveira
Início Publicação: 31/12/2009
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: História

Teoria, metodologia e política no fazer dos intelectuais africanos

Ano: 2014 | Volume: 5 | Número: 3
Autores: Michelle Cirne
Autor Correspondente: CIRNE, M. | miantropo@gmail.com

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo apresenta uma investigação em andamento sobre as condições sociais de produção das ciências sociais no continente africano, a partir do CODESRIA – Conselho para o Desenvolvimento da Pesquisa em Ciências Sociais em África. A partir da produção contemporânea, realizada no âmbito dessa instituição, temos acesso aos debates nos quais os intelectuais africanos das ciências sociais refletem sobre o seu próprio fazer, na busca de um caminho entre a perspectiva de uma singularidade africana e o diálogo com o pensamento produzido em outras partes do mundo, inclusive no Norte.

Resumo Inglês:

This paper presents an ongoing investigation into the social conditions of production of the social sciences in Africa, from CODESRIA – Council for the Development of Social Science Research in Africa. From the contemporary production within the scope of this institution, we have access to debates in which African intellectuals of the social sciences reflect on their own doing, in search of a path between the prospect of an African singularity and the dialogue with the thought produced elsewhere in the world, including the North. Keywords: Africa; intellectual, social sciences, epistemology.

Resumo Espanhol:

Este trabajo resulta de la investigación en curso sobre las condiciones sociales de la producción de las ciencias sociales en África, desde el Consejo para el Desarrollo de la Investigación en Ciencias Sociales en África (CODESRIA). Desde la producción contemporánea dentro de esta institución, tenemos acceso a debates en los que los intelectuales africanos de las ciencias sociales reflexionan sobre su propia obra, en la búsqueda de un camino a través de la perspectiva de una singularidad de África y el diálogo con el pensamiento producido en otras partes del mundo, incluyendo en el Norte. Palabras clave: África, intelectual, las ciencias sociales, la epistemología.