A dupla perspectiva documentária e a formação de identidades em Adoniran Barbosa

Tríade:

Endereço:
Rodovia Raposo Tavares, km 92,5 - Vila Artura
Sorocaba / SP
18023-000
Site: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/triade/index
Telefone: (15) 2101-7008
ISSN: 2318-5694
Editor Chefe: Profa. Dra. Luciana Coutinho Pagliarini Souza
Início Publicação: 04/06/2013
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Comunicação

A dupla perspectiva documentária e a formação de identidades em Adoniran Barbosa

Ano: 2021 | Volume: 9 | Número: 21
Autores: U. Lemos Jr, V. Gosciola
Autor Correspondente: U. Lemos Jr | [email protected]

Palavras-chave: cinema documentário; música documental; formação de identidades; Adoniran Barbosa.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O artigo aborda a importância do documentário imagético e sonoro para debater os desafios do nosso presente. O filme analisado é Adoniran: meu nome é João Rubinato (2018), de Pedro Serrano. As músicas analisadas trazem temas como imigração, verticalização, metropolização, despejo, diferenças sociais e apontam as transformações a partir da estruturação urbano-industrial da cidade de São Paulo. O estudo se ampara no conceito de voz no documentário a partir de Bill Nichols. A metodologia compreende a análise das músicas: Saudosa maloca (1951), Abrigo de vagabundo (1959) e Despejo na favela (1969). O objetivo do artigo é propor a reflexão do documentário como uma forma criadora de significados e sentidos que emanam da história e dos contextos socioculturais. Conclui-se que a perspectiva documentária se dá por meio das experiências dos sujeitos e do imaginário das culturas.



Resumo Inglês:

The article addresses the importance of imagery and sound documentary to debate the challenges of our present. The analyzed film is Adoniran: my name is João Rubinato (2018), by Pedro Serrano. The analyzed songs bring themes such as immigration, verticalization, metropolization, eviction, social differences and point out the transformations from the urban-industrial structuring of the city of São Paulo. The study is supported by the concept of voice in the documentary from Bill Nichols. The methodology comprises the analysis of the songs: Saudosa maloca (1951), Abrigo de vagabundo (1959) and Despejo na favela (1969). The objective is to propose the reflection of the documentary as a creative form of meanings and senses that emanate from history and socio-cultural contexts. It is concluded that the documentary perspective occurs through the experiences of the subjects and the imagery of cultures.



Resumo Espanhol:

El artículo analiza la importancia del documental de imágenes y sonidos para debatir los desafíos de nuestro presente. La película analizada es Adoniran: me llamo João Rubinato (2018), de Pedro Serrano. Las canciones analizadas traen temas como inmigración, verticalización, metropolización, desalojo, diferencias sociales y señalan las transformaciones de la estructuración urbano-industrial de la ciudad de São Paulo. El estudio se sustenta en el concepto de voz del documental de Bill Nichols. La metodología incluye el análisis de las canciones: Saudosa maloca (1951), Abrigo de vagabundo (1959) y Despejo na favela (1969). El propósito del artículo es proponer la reflexión del documental como una forma creativa de significados y sentidos que emanan de la historia y los contextos socioculturales. Se concluye que la perspectiva documental se da a través de las vivencias de los sujetos y el imaginario de culturas.