A LÍNGUA TUPI NO SEMIÁRIDO BAIANO: HERANÇAS DIALETAIS DO POVO INDÍGENA NA REGIÃO DE JEREMOABO

Enlaces

Endereço:
Avenida Araújo Pinho - 39 - Canela
Salvador / BA
40110-150
Site: https://publicacoes.ifba.edu.br/index.php/enlaces
Telefone: (71) 3221-0330
ISSN: 2675-9810
Editor Chefe: Valter Dias
Início Publicação: 31/12/2020
Periodicidade: Anual
Área de Estudo: Linguística, Letras e Artes, Área de Estudo: Letras, Área de Estudo: Linguística

A LÍNGUA TUPI NO SEMIÁRIDO BAIANO: HERANÇAS DIALETAIS DO POVO INDÍGENA NA REGIÃO DE JEREMOABO

Ano: 2021 | Volume: 2 | Número: Não se aplica
Autores: Saádia Ramos Ferreira
Autor Correspondente: Saádia Ramos Ferreira | [email protected]

Palavras-chave: Léxico, Tupi, Jeremoabo

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este trabalho foi elaborado partindo da perspectiva da lexicografia e teve como objetivo descrever o léxico de origem indígena no semiárido baiano, demonstrando, assim, a importância das contribuições das línguas indígenas para a constituição do português brasileiro (PB). Buscou-se estudar a língua Tupi, as transformações sofridas pelo PB e como, apesar dessas transformações, ainda é possível encontrar muitas influências do Tupi no vocabulário atual. Também se aborda como o léxico de uma língua carrega a história cultural de determinada comunidade. A pesquisa foi realizada a partir das entrevistas que compõem a coleção Amostras da Língua Falada no Semiárido Baiano, utilizando-se o volume IV, elaborado na região de Jeremoabo, que foi primeiramente ocupada por povos Tupinambás dos grupos Muongorus e Cariacás. Com a realização deste trabalho, espera-se contribuir para o melhor conhecimento da realidade linguística do semiárido baiano, bem como contribuir com propostas didáticas que levem em consideração o uso de dicionários em sala de aula.



Resumo Inglês:

This work was developed from the perspective of lexicography and it aimed to describe the lexicon of indigenous origin from the Bahian semiarid, thus demonstrating the importance of contributions from indigenous languages to the constitution of Brazilian Portuguese (BP). It was sought to study the Tupi language, the transformations suffered by BP, and how, despite these transformations, it is still possible to find many Tupi influences in the current vocabulary. It also addresses how a language’s lexicon carries cultural history of a particular community. The research was conducted based on interviews that make up the collection Samples of Spoken Language in the Bahian Semiarid, using volume IV, elaborated in the Jeremoabo region, which was first occupied by Tupinambás peoples from the Muongorus and Cariacás groups. With the completion of this work, it is expected to contribute to gaining better knowledge of the Bahian semiarid’s linguistic reality, as well as providing didactic proposals that consider the use of dictionaries in the classroom.