Liberalismo, independência e progresso na construção do Brasil as cortes portuguesas (1821-1822) em Oliveira Lima

Revista Ágora

Endereço:
Avenida Fernando Ferrari 514 - Goiabeiras
Vitória / ES
29075910
Site: http://periodicos.ufes.br/agora/index
Telefone: (27) 4009-7723
ISSN: 1980-0096
Editor Chefe: Adriana Pereira Campos e Kátia Sausen da Motta
Início Publicação: 01/01/2005
Periodicidade: Bimestral
Área de Estudo: Ciências Humanas, Área de Estudo: História

Liberalismo, independência e progresso na construção do Brasil as cortes portuguesas (1821-1822) em Oliveira Lima

Ano: 2022 | Volume: 33 | Número: 3
Autores: G. C. M. Cabral
Autor Correspondente: G. C. M. Cabral | [email protected]

Palavras-chave: história do direito, história constitucional, manuel de oliveira lima

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo pretende analisar a percepção sobre as Cortes Portuguesas (1821-1822) nos trabalhos de Manuel de Oliveira Lima (1867-1928). Ele demonstrou ter uma visão de História baseada no liberalismo político e identificada com a chamada História Whig. Nas seções seguintes, este texto examinará as relações entre História Whig e as ideias liberais e como Oliveira Lima lidou com o liberalismo, particularmente nos seus livros sobre o Império Brasileiro. Na última seção, o texto foca na discussão sobre as Portuguesas, enfatizando os debates sobre se a Constituição Portuguesa deveria recolonizar o Brasil, quebrando, assim, o regime de liberdades decorrente da presença na família real no Rio de Janeiro.



Resumo Inglês:

This paper aims to analyze the perception of the Portuguese Cortes (1821-1822) in the works by Manuel de Oliveira Lima (1867-1928). He demonstrates a view of History based on a political liberalism that is identified with the so-called Whig History. In the following sections, this manuscript examines the relations between Whig History and liberal ideas and how Oliveira Lima dealt with liberalism, particularly on his books on the Brazilian Empire. In the last section, the text focuses on the discussion on the Portuguese Cortes, emphasizing the debates on whether the Portuguese Constitution should recolonize Brazil, breaking the regimes of liberty that arose from the presence of the Royal Family in Rio de Janeiro.



Resumo Espanhol:

Este artículo tiene como objetivo analizar la percepción de las Cortes portuguesas (1821-1822) en la obra de Manuel de Oliveira Lima (1867-1928). Él planteó una visión de la Historia basada en el liberalismo político y que se identifica con la llamada Historia Whig. En las siguientes secciones, este texto examinará la relación entre la Historia Whig y las ideas liberales y cómo Oliveira Lima ha analizado el liberalismo, particularmente en sus libros sobre el Imperio Brasileño. En la última sección, el texto se centra en la discusión sobre las Cortes Portuguesas, enfatizando los debates sobre si la Constitución portuguesa debería recolonizar Brasil, rompiendo así el régimen de libertades resultante de la presencia de la familia real en Río de Janeiro.