MEDIÇÃO DOS NÍVEIS DE SOM EM APARELHOS REPRODUTORES DE MP# E AVALIAÇÃO DOS RISCOS DE PERDA AUDITIVA

Mix Sustentável

Endereço:
Campus Universitário Trindade
Florianópolis / AC
88035095
Site: //ojs.sites.ufsc.br/index.php/mixsustentavel/
Telefone: 4837214971
ISSN: 24473073
Editor Chefe: Lisiane Ilha Librelotto
Início Publicação: 31/07/2015
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

MEDIÇÃO DOS NÍVEIS DE SOM EM APARELHOS REPRODUTORES DE MP# E AVALIAÇÃO DOS RISCOS DE PERDA AUDITIVA

Ano: 2015 | Volume: 1 | Número: 1
Autores: Sandra Kimie Miyazaki, João Cândido Fernandes
Autor Correspondente: João Cândido Fernandes | [email protected]

Palavras-chave: Ruído, Música, aparelhos portáteis, perda de audição

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo desta pesquisa foi avaliar o nível de intensidade de som a que estão submetidos os usuários de aparelhos reprodutores de MP3 (incluindo celulares) e verificar os riscos de perda auditiva. A metodologia consistiu em avaliar os níveis sonoros de 25 aparelhos (e seus respectivos fones de ouvido), reproduzindo três tipos de músicas, instalados em uma cabeça artificial padronizada (ANSI S3.19-1974 e

ANSI S12.6/1997) e a um medidor de nível de pressão sonora. Os resultados foram comparados com os limites de exposição fixados pela Portaria 3.214/78 do Ministério do Trabalho e apresentaram níveis acima de 88 dB para o volume do aparelho em 50%; para o volume em 75%, a média da intensidade foi de 97 dB e, para 100% do volume, os níveis médios chegaram a 109 dB. Alguns aparelhos atingiram níveis de 121 dB.

A análise dos dados indicou que a maioria dos aparelhos oferece um grande risco de perda auditiva (para poucas horas diárias de exposição ao som), independentemente do ritmo da música, do tipo de aparelho, mesmo para um volume de 50%.