Agroecologia como alternativa de produção no campo: um estudo de caso no assentamento João Batista II, em Castanhal-PA

Revista Elo - Diálogos em Extensão

Endereço:
Avenida Peter Henry Rolfs - Campus Universitário
Viçosa / MG
36570900
Site: http://www.elo.ufv.br
Telefone: (31) 3612-2020
ISSN: 2317-5451
Editor Chefe: Juan Pablo Chiappara Cabrera
Início Publicação: 30/11/2012
Periodicidade: Mensal
Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Administração, Área de Estudo: Ciências Contábeis, Área de Estudo: Turismo

Agroecologia como alternativa de produção no campo: um estudo de caso no assentamento João Batista II, em Castanhal-PA

Ano: 2021 | Volume: 10 | Número: Não se aplica
Autores: Livia Silva SANTOS, Leonardo Figueiredo de SOUZA, Gilson da Silva COSTA
Autor Correspondente: Livia Silva SANTOS | [email protected]

Palavras-chave: Movimento dos trabalhadores rurais sem terra, agroecologia, capitalismo, movimiento de trabajadores rural sin tierra, agroecología, capitalismo, landless rural workers movement, agroecology, capitalism

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Objetiva-se neste trabalho refletir sobre a contribuição da agroecologia como forma de produção e de lutados trabalhadores rurais que vivem no território do assentamento João Batista II em Castanhal/PA. Para tanto,adotamos como procedimento metodológico a elaboração de entrevistas com base em roteiro semiestruturado na perspectiva de Brumer et. al (2008) e conversas informais com as (os) agricultoras (es). Desse modo, observou-se, que uma característica marcante nos discursos dos entrevistados foi de que, para eles a agroecologia é muito mais do que uma técnica produtiva ou uma ciência, pois envolve uma variedade de outras dimensões, além do manejo de um determinado agroecossistema, o que permite concluir que os assentados possuem o processo agroecológico conscientemente internalizados, compreendendo que a forma de produção agroecológica possibilita benefícios não somente para si, mas também para todo o contexto social e ambiental em que estão inseridos.



Resumo Inglês:

The objective of this work is to reflect on the contribution of agroecology as a form of production and struggle for rural workers who live in the territory of the João Batista II settlement in Castanhal / PA. To this end, we adopted as a methodological procedure the preparation of interviews based on a semi-structured script in the perspective of Brumer et. al (2008) and informal conversations with farmers. Thus, it was observed that a striking feature of the interviewees' speeches was that, for them, agroecology is much more than a productive technique or a science, as it involves a variety of other dimensions, in addition to the management of a given agroecosystem , which allows us to conclude that the settlers have the agroecological process consciously internalized, understanding that the form of agroecological production allows benefits not only for themselves, but also for the entire social and environmental context in which they are inserted.



Resumo Espanhol:

El objetivo de este trabajo es reflexionar sobre el aporte de la agroecología como forma de producción y lucha de los trabajadores rurales que viven en el asentamiento João Batista II en Castanhal / PA. Para ello, adoptamos como procedimiento metodológico la elaboración de entrevistas basadas en un guión semiestructurado en la perspectiva de Brumer et. al (2008) y conversaciones informales con agricultores. Así, se observó que un rasgo llamativo en los discursos de los entrevistados fue que, para ellos, la agroecología es mucho más que una técnica productiva o una ciencia, ya que involucra una variedad de otras dimensiones, además de la gestión de una determinada. agroecosistema., lo que permite concluir que los pobladores tienen el  proceso agroecológico conscientemente internalizado, entendiendo que la forma de producción agroecológica permite beneficios no solo para ellos mismos, sino también para todo el contexto social y ambiental en el que se insertan.