Algoritmizar a língua?: automatização, informatização, materialismo discursiva

Línguas e Instrumentos Linguísticos

Endereço:
Rua Sérgio Buarque de Holanda - 421 - Cidade Universitária
Campinas / SP
13083-859
Site: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil
Telefone: (19) 3521-6729
ISSN: 2674-7375
Editor Chefe: Greciely Cristina da Costa
Início Publicação: 03/12/2020
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Linguística, Letras e Artes, Área de Estudo: Linguística

Algoritmizar a língua?: automatização, informatização, materialismo discursiva

Ano: 2019 | Volume: 0 | Número: 44
Autores: Adorno, Guilherme
Autor Correspondente: Adorno, Guilherme | [email protected]

Palavras-chave: Analise automatica do discurso, Historia da analise de discurso, Materialismo discursivo

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo deste trabalho é compreender o funcionamento das dificuldades e dos obstáculos decorrentes dos procedimentos automáticos no desenvolvimento da teoria discursiva. Para esta tarefa, o material de análise é composto pelos textos analíticos resultados do projeto da Análise Automática do Discurso (AAD). A pesquisa toma o prisma de investigação da História das Ideias Linguísticas na relação com os princípios da Análise de Discurso, buscando o funcionamento discursivo do material em sua relação com os processos políticoideológicos nas suas formas institucionais, disciplinares e textuais. Na releitura do arquivo disciplinar, cotejando com algumas notas, relatos e contextualizações, são descritos aspectos menos conhecidos sobre a história da AAD, mostrando a força do que é designado neste artigo como um “materialismo discursivo” desenvolvido também pelo seu encontro com a automatização/informatização.



Resumo Inglês:

The objective of this paper is to understand the functioning of difficulties and obstacles from automatic procedures in the development of the discursive theory. For this task, the analysis material is composed by the analytical texts of the Automatic Analysis of Discourse (AAD) project. The research takes the investigative prism of the History of Linguistic Ideas in relation with the principles of Discourse Analysis, seeking the discursive functioning of the material in its relationship with the political-ideological processes in their institutional, disciplinary and textual forms. In the rereading of the disciplinary archive, collating with some notes, reports and contextualizations slight known aspects of the history of AAD are described, showing the strength of what is designated in this paper as a “discursive materialism” developed also by its encounter with automation / informatization.