Análise da dinâmica das conversões de uso e cobertura da terra na região sudeste de Roraima - Amazônia

Revista [email protected] On-line

Endereço:
Centro de Ciências Agrárias, Campus do Caume, Universidade Federal de Roraima, Monte Cristo, Rod BR 174, s/n
/ RR
69000-000
Site: http://www.agroambiente.ufrr.br
Telefone: 95 3627 2573
ISSN: 19828470
Editor Chefe: Sandra Catia Pereira Uchôa
Início Publicação: 30/11/2007
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Agronomia

Análise da dinâmica das conversões de uso e cobertura da terra na região sudeste de Roraima - Amazônia

Ano: 2015 | Volume: 9 | Número: 4
Autores: M. R. Xaud, J. C. N. Epiphanio.
Autor Correspondente: José Carlos Neves Epiphanio | [email protected]

Palavras-chave: uso e cobertura da terra

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O estudo da dinâmica do uso e cobertura da terra tem relevância no entendimento dos processos que envolvem a ocupação e consolidação do território na região amazônica. O sensoriamento remoto e suas ferramentas de análise de dados, como as técnicas de detecção de mudanças, têm elevado potencial exploratório na quantificação e qualificação do uso e cobertura da terra, assim como dos seus processos de conversão e modificação. Objetivou-se com o presente trabalho analisar a dinâmica das conversões de uso e cobertura da terra presentes em áreas já alteradas do sudeste do estado de Roraima, nos períodos de 1997-2004 e 2004-2010. As conversões (agrupamentos) foram analisadas em função dos projetos de colonização e da distância às estradas (BR-210 e vicinais). Os resultados apontaram diferenças entre os períodos analisados em relação à presença das conversões, caracterizando o período de 1997-2004 como de intensa atividade de aberturas em áreas florestais, em relação ao período seguinte, quando predominaram as conversões mais ligadas ao uso prévio do solo. Em relação à distância das estradas, os resultados mostraram uma concentração das conversões até 1500 m das estradas, havendo aumento das conversões de perda de biomassa nas faixas mais distantes entre um período e outro, sugerindo uma penetração das conversões desse tipo no interior das propriedades, característica confirmada nas entrevistas de campo. De um período para outro, o aumento das conversões floresta-pasto em dois projetos (Entre Rios e Caroebe) pode significar uma tendência ao aumento na região da atividade pecuária