Anomalias das temperaturas máximas do ar na cidade de Patos, Paraíba

Revista de Geociências do Nordeste

Endereço:
Rua José Gregório - Penedo
Caicó / RN
59300000
Site: https://periodicos.ufrn.br/revistadoregne/index
Telefone: (84) 9888-0962
ISSN: 2447-3359
Editor Chefe: Saulo Roberto de Oliveira Vital
Início Publicação: 30/06/2015
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Geociências, Área de Estudo: Geografia

Anomalias das temperaturas máximas do ar na cidade de Patos, Paraíba

Ano: 2016 | Volume: 2 | Número: Especial
Autores: G. B. Marques, T. S. Silva, E. R. R. Lima, M. O. Moura
Autor Correspondente: G. B. Marques | [email protected]

Palavras-chave: Temperaturas extremas do ar, variabilidade, períodos térmicos extremos

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo possui o objetivo de analisar a periodicidade das anomalias identificadas na série das temperaturas máximas do ar da cidade de Patos no período de 2010 a 2014. As anomalias foram classificadas de acordo com a sua duração (comprimento) e sua gravidade térmica (amplitude e intensidade). A princípio, estabeleceu-se anomalias com duração de 3 dias, 4 dias e ≥ 5 dias, as quais foram classificadas segundo à sua amplitude (Alta, Moderada e Baixa), assim como à sua intensidade térmica (Forte, Moderado e Fraco). Um total de 110 anomalias fora identificado. Desse valor, 52 anomalias encontra-se na faixa de duração ≥ 5 dias. Os valores máximos de amplitude e intensidade térmica da série foram encontrados para as anomalias com duração ≥ 5 dias.