ARQUÉTIPOS, HEROÍSMO E ALTERIDADE EM O BOM DRAGÃO, DE SANTIAGO VILLELA MARQUES

REVISTA DE LETRAS [email protected]

Endereço:
Avenida dos Ingás, 3001 Jardim Imperial Sala L10
Sinop / MT
78555-000
Site: http://sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/norteamentos
Telefone: (66) 3511-2138
ISSN: 19838018
Editor Chefe: Rosana Rodrigues da Silva e Neusa Inês Philippsen
Início Publicação: 30/06/2008
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Letras

ARQUÉTIPOS, HEROÍSMO E ALTERIDADE EM O BOM DRAGÃO, DE SANTIAGO VILLELA MARQUES

Ano: 2020 | Volume: 13 | Número: 31
Autores: L. L. B. Moura
Autor Correspondente: L. L. B. Moura | [email protected]

Palavras-chave: O Bom Dragão, alteridade, heroísmo, Santiago Villela Marques.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo tem por finalidade analisar e identificar no conto O Bom Dragão, de Santiago Villela Marques, o percurso do herói-dragão Azulino em busca de sua alteridade à luz da teoria de Campbell, assim como os arquétipos que constituem o conto. Os estudos de Jung, sobre arquétipos, servirão para que possamos apontar como se constitui essa faceta do inconsciente coletivo na tecitura do conto.



Resumo Inglês:

This article aims to analyze and identify in the short story O Bom Dragão, by Santiago Villela Marques, the journey of the Azulino dragon-hero in search of his otherness in the light of Campbell's theory, as well as the archetypes that make up the tale. Jung's studies on archetypes will help us to point out how this facet of the collective unconscious is constituted in the weaving of the story.