AVALIAÇÃO BROMATOLOGICA DO FENO DE MATA PASTO “Senna obtusifolia” EM DIFERENTES IDADES

Bionorte

Endereço:
Avenida Osmani Barbosa, 11.111 - Conjunto Residencial JK
Montes Claros / MG
39404-006
Site: http://revistas.funorte.edu.br/revistas/index.php/bionorte
Telefone: (38) 2101-9288
ISSN: 2175-1943
Editor Chefe: Árlen Almeida Duarte de Sousa
Início Publicação: 01/02/2014
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciências Biológicas, Área de Estudo: Ciências da Saúde, Área de Estudo: Multidisciplinar

AVALIAÇÃO BROMATOLOGICA DO FENO DE MATA PASTO “Senna obtusifolia” EM DIFERENTES IDADES

Ano: 2014 | Volume: 3 | Número: 2
Autores: G. A. Alves, P. N. M. Almeida, M. M. A. Moura, R. F. Costa, J. P. Pinto, R. C. Oliveira, D. A. A. Oliveira
Autor Correspondente: P. N. M. Almeida | [email protected]

Palavras-chave: Alimento Conservado. Alimento Desidratado. Composição.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Objetivou-se avaliar as características nutricionais do feno de mata pasto “Senna obtusifolia” em diferentes idades de corte. O experimento foi conduzido em delineamento de blocos ao acaso, sendo quatro tratamentos (30, 60, 90 e 120 dias) e cinco repetições. As plantas foram acondicionadas em lonas plásticas para desidratação no período de 36 horas até obter 20% de umidade. O material foi homogeneizado e a 200 g de amostra para avaliação. Para realização da análise bromatológica o material foi colocado em bandeja de alumínio, pesado, e posteriormente pré-seco em estufa de ventilação forçada a 55 °C por 72 horas. As amostras pré-secas foram moídas em moinho estacionário com peneira de malha de 1 mm. Foi avaliada a matéria seca á 105 °C, proteína bruta, fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido. Os resultados foram submetidos à Análise de Variância e para a comparação de médias foi utilizado o teste Tukey a 5%. O teor de MS apresentou diferenças estatísticas em todas as idades. Quanto á proteína bruta variou significativamente no último estágio, diminuindo o seu teor de proteína bruta para 9,42%, enquanto aos 30, 60 e 90 dias de idade, mostrou-se estatisticamente igual. Os valores médios de FDN aumentaram de acordo a idade da colheita. Em relação à FDA, os resultados estatísticos indicam que esse componente, em fenos de plantas coletadas dos 60 aos 120 dias, apresentou maiores níveis quando comparado ao feno de plantas coletadas com 30 dias (p<0,05). É possível a utilização do feno de mata-pasto como alternativa na alimentação dos ruminantes.



Resumo Inglês:

The objective of this study was to evaluate the nutritional characteristics of 'Senna obtusifolia' pasture hay at different ages. The experiment was conducted in a randomized complete block design, with four treatments (30, 60, 90 and 120 days) and five replications. The plants were conditioned in plastic tarpaulins for dehydration in the period of 36 hours until obtaining 20% of humidity. The material was homogenized and 200 g of sample for evaluation. To perform the bromatological analysis, the material was placed in an aluminum tray, weighed, and then pre-dried in a forced ventilation oven at 55 °C for 72 hours. The pre-dried samples were milled in a stationary mill with a 1 mm mesh sieve. The dry matter at 105 °C, crude protein, neutral detergent fiber and acid detergent fiber were evaluated. The results were submitted to Analysis of Variance and for the comparison of means the Tukey test at 5% was used. The DM content presented statistical differences at all ages. As for crude protein, it varied significantly in the latter stage, decreasing its crude protein content to 9.42%, while at 30, 60 and 90 days of age, it was statistically the same. The mean values of NDF increased according to the age of harvest. In relation to the FDA, the statistical results indicate that this component, in hen of plants collected from 60 to 120 days, presented higher levels when compared to the hay of plants collected with 30 days (p<0.05). It is possible to use grass-fed hay as an alternative to feed ruminants.