Confecção de prótese buco-maxilo para pacientes com maxilectomia parcial.

Brazilian Journal of Implantology and Health Sciences

Endereço:
Avenida Clodóvio Coelho - Central
Macapá / AP
68900030
Site: https://bjihs.emnuvens.com.br/bjihs
Telefone: (96) 9814-3766
ISSN: 2674-8169
Editor Chefe: Eber Coelho Paraguassu
Início Publicação: 03/06/2019
Periodicidade: Mensal
Área de Estudo: Ciências da Saúde

Confecção de prótese buco-maxilo para pacientes com maxilectomia parcial.

Ano: 2020 | Volume: 2 | Número: 4
Autores: Antônio Santos Araújo, Adriana Cavalcanti Ferreira, Arthur Belém Novaes Júnior
Autor Correspondente: Antônio Santos Araújo | [email protected]

Palavras-chave: Reabilitação, Prótese removível, Prótese-buco-maxilo, Maxilectomia

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Os defeitos da maxilectomia podem resultar em comunicação oroantral que causa dificuldade na mastigação e deglutição, fala prejudicada e desfiguração facial. O protesista desempenha um papel importante na reabilitação de tais defeitos com a confecção de próteses buco-maxilares. Este artigo descreve um relatório clínico da fabricação de uma prótese definitiva com uma estrutura de metal fundido usando método de processamento único para um defeito maxilar adquirido. Um desenho tripodal foi selecionado para este caso. Os grampos foram colocados nos pré-molares e molares dos dois quadrantes da maxila. Palato completo com o conector principal projetado para garantir a distribuição máxima da carga funcional para o tecido. O retentor indireto foi planejado no primeiro pré-molar direito. A retenção direta foi fornecida pelo fecho em barra I, colocado no primeiro pré-molar esquerdo, fecho circunferencial no primeiro pré-molar direito e fecho de abrasão entre o primeiro e o segundo molares direitos. Assim, essa prótese definitiva reabilitou o paciente, proporcionando melhor eficiência mastigatória, melhorando a clareza da fala e a qualidade de vida do paciente.



Resumo Inglês:

Maxillectomy defects can result in oroantral communication that causes difficulty in chewing and swallowing, impaired speech and facial disfigurement. The prosthetist plays an important role in the rehabilitation of such defects with the manufacture of buccomaxillary prostheses. This article describes a clinical report of the manufacture of a definitive prosthesis with a molten metal structure using a unique processing method for an acquired maxillary defect. A tripodal design was selected for this case. The clips were placed on the premolars and molars of the two quadrants of the maxilla. Complete palate with the main connector designed to ensure maximum functional load distribution for the fabric. The indirect retainer was planned in the first right premolar. Direct retention was provided by bar clasp I, placed on the first left premolar, circumferential clasp on the first right premolar and abrasion clasp between the first and second right molars. Thus, this definitive prosthesis rehabilitated the patient, providing better chewing efficiency, improving speech clarity and the patient's quality of life.