Da AAD-69 ao sinalário leituras da/sobre a análise de discurso

Línguas e Instrumentos Linguísticos

Endereço:
Rua Sérgio Buarque de Holanda - 421 - Cidade Universitária
Campinas / SP
13083-859
Site: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil
Telefone: (19) 3521-6729
ISSN: 2674-7375
Editor Chefe: Greciely Cristina da Costa
Início Publicação: 03/12/2020
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Linguística, Letras e Artes, Área de Estudo: Linguística

Da AAD-69 ao sinalário leituras da/sobre a análise de discurso

Ano: 2019 | Volume: 0 | Número: 44
Autores: Lopes, Maraisa
Autor Correspondente: Lopes, Maraisa | [email protected]

Palavras-chave: Analise de discurso, Sinalario, Michel Pecheux

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo tem por objetivo apresentar o processo de produção de um instrumento linguístico, que permite a abertura da possibilidade de leituras da/sobre a análise de discurso de base materialista, pela comunidade surda brasileira. Promove-se, inicialmente, um breve repasso histórico acerca da Análise de Discurso (AD), recuperando a produção teórica de Michel Pêcheux. Em um segundo momento, apresentamos nossa escuta analítica e o modo pelo qual tem se dado a produção do Sinalário de AD. Versamos sobre a proposição de três sinais (Ideologia, Posição-sujeito e Michel Pêcheux) para demonstrarmos nosso movimento de análise e posterior formulação dos sinais. Com base em nossa produção, esperamos que que os sujeitos surdos saiam dos processos de reprodução mnemônica e passem a uma reprodução histórica, em que, como sujeitos, se relacionem simbolicamente com os sentidos produzidos sobre a AD



Resumo Inglês:

This article aims to present the production process of a linguistic instrument, which allows the opening of a possibility of reading about the materialistic discourse analysis, by the Brazilian deaf community. It promotes a brief history of Discourse Analysis (DA), recovering the theoretical production of Michel Pêcheux. In a second moment, we present our analytical procedure and the way the production of the DA Sinalário has been given. We have talked about the proposition of three signs (ideology, position-subject and Michel Pêcheux) to demonstrate our movement of analysis and subsequent sign formulation. Based on our production, we expect deaf subjects to be out of a mnemonic reproduction process and to start a historical reproduction movement in which, as subjects, they symbolically relate to meanings produced on DA.