Descentralização urbana e expansão imobiliária em áreas ambientalmente vulneráveis de Campina Grande-PB

Revista de Geociências do Nordeste

Endereço:
Rua José Gregório - Penedo
Caicó / RN
59300000
Site: https://periodicos.ufrn.br/revistadoregne/index
Telefone: (84) 9888-0962
ISSN: 2447-3359
Editor Chefe: Saulo Roberto de Oliveira Vital
Início Publicação: 30/06/2015
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Geociências, Área de Estudo: Geografia

Descentralização urbana e expansão imobiliária em áreas ambientalmente vulneráveis de Campina Grande-PB

Ano: 2019 | Volume: 5 | Número: Especial
Autores: D. C. Araújo, A. L. Marques, D. C. Moura
Autor Correspondente: D. C. Araújo | [email protected]

Palavras-chave: Fragilidade ambiental, características fisiográficas, organização espacial

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Campina Grande, no agreste paraibano, concebida como cidade de porte médio, expressa contradições contemporâneas urbanas e socioespacais através de uma reestruturação pautada na segregação, tendo neste fenômeno, os bairros planejados. Os bairros planejados chegaram ao Brasil por meio das cidades jardins, que se constituem em bairros planejados segundo o conceito inglês de garden city, e que oferecem aos condôminos amplas áreas verdes com praças, parques, intensa arborização em suas calçadas, além de um traçado urbano sustentável. Diante dessa discussão, esse trabalho utilizou uma metodologia pautada na fragilidade ambiental e enalteceu que esses empreendimentos estão em terrenos com declividade superior a 30%, onde as moradias se encontram assentadas sob Neossolos Litólicos associados a Cambissolos rasos embasados tanto por granito como por gnaisse, cuja susceptibilidade à erosão deve ser considerada ao preparar o terreno com técnicas engenharia especificas. Dessa forma, diante das características fisiográficas e do púbico alvo, pode-se ressaltar estar ocorrendo expansão urbana e descentralização da cidade de Campina Grande por ações em massa de deslocamento das classes C e D para ambientes vulneráveis, que podem acarretar danos materiais e humanos.