Desenvolvendo a agroecologia no Vale do Taquari/RS: atividades de introdução ao tema e práticas agroecológicas

Revista Eletrônica Científica da UERGS

Endereço:
Rua 7 de Setembro, 1156 - Centro
Porto Alegre / RS
90.010-191
Site: http://revista.uergs.edu.br/index.php/revuergs/
Telefone: (51) 3288-9006
ISSN: 24480479
Editor Chefe: Erli Schneider Costa
Início Publicação: 30/11/2015
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

Desenvolvendo a agroecologia no Vale do Taquari/RS: atividades de introdução ao tema e práticas agroecológicas

Ano: 2017 | Volume: 3 | Número: 3
Autores: Jaíne de Oliveira SIMONETTI, Amanda da Rosa CARDOSO, Micheline FRIZZO, Elaine BIONDO
Autor Correspondente: Jaíne de Oliveira SIMONETTI | [email protected]

Palavras-chave: agricultura familiar, agroecologia, educação, escola

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A Escola propicia a construção de conhecimento, não somente conteúdos obrigatórios, mas conteúdos relacionados ao dia-a-dia do aluno, desde o ensino fundamental até o ensino médio, e no turno inverso escolar. Assim, envolver a comunidade escolar, no tema produção agroecológica e alimentação saudável, é valorizar a produção local de alimentos e a sustentabilidade. No Vale do Taquari a produção de alimentos é realizada pela agricultura familiar, via manejo convencional, com uso de insumos químicos, especialmente agrotóxicos, aumentando a insustentabilidade na produção de alimentos e a insegurança alimentar. O incentivo para a produção orgânica e agroecológica vem sendo discutidas e implementadas nas comunidades, a fim de produzir alimentos saudáveis e ambientalmente sustentáveis. No entanto, muito ainda necessita ser entendido, sendo a disseminação deste tema fundamental, inclusive nas escolas. Assim, o presente trabalho objetivou levar à escola os princípios da agroecologia, através de palestra e atividades práticas realizadas com alunos de Turno Inverso em uma escola municipal de Nova Bréscia, Vale do Taquari, RS. Foi abordado o tema Agroecologia e seus princípios, a importância da diversidade de sementes crioulas, realizada visita a propriedade agroecológica e atividade prática na horta escolar e avaliação via questões. Os resultados permitiram constatar que as crianças tem grande interesse pelo tema, participando ativamente das atividades propostas. Ao serem questionadas sobre a importância do tema abordado, o consideraram muito importante. Os alunos, além de aprenderem sobre agroecologia e produção sustentável de alimentos e alimentação saudável, também disseminam este conhecimento com os pais e na comunidade, favorecendo a transição agroecológica.