DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE DE PROFESSORAS ALFABETIZADORAS EXPERIENTES: MARCAS POSITIVAS E NEGATIVAS VIVENCIADAS AO LONGO DA CARREIRA DOCENTE

Colloquium Humanarum

Endereço:
Rod. Raposo Tavares, km 572
Presidente Prudente / SP
19067175
Site: http://journal.unoeste.br/index.php/ch
Telefone: (18) 3229-2079
ISSN: 18098207
Editor Chefe: MONICA FÜRKOTTER
Início Publicação: 30/11/2003
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Educação

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE DE PROFESSORAS ALFABETIZADORAS EXPERIENTES: MARCAS POSITIVAS E NEGATIVAS VIVENCIADAS AO LONGO DA CARREIRA DOCENTE

Ano: 2020 | Volume: 17 | Número: 1
Autores: Juliana Pedroso Bruns, Rita Buzzi Rausch
Autor Correspondente: Juliana Pedroso Bruns | [email protected]

Palavras-chave: Desenvolvimento Profissional Docente; Professores Alfabetizadores Experientes; Formação de professores

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A presente pesquisa teve por objetivo desvelaras marcas positivas e negativasna trajetória docentedeseis professoras alfabetizadorasexperientesque atuam há mais de quinze anos na Rede Municipal de Ensino de Brusque (SC). A opção por professoras alfabetizadoras experientes,justifica-sepelatrajetória já vivenciada por essas professoras no exercício de sua profissão. Como referencial teórico elegeu-se as contribuições de Marcelo García (1999, 2009),Vaillant e Marcelo (2012, 2015), Imbernón (2010, 2011), e Nóvoa (1992, 2000,2009, 2010, 2019)para dialogar com as narrativas das professoras participantes. Apesquisaé de abordagem qualitativa e biográfica denominada “história de vida”, e a análise dos dados ocorreu mediante a análise textual discursiva. Os resultados evidenciaram que as marcas positivas apontam para a formação e cursos oferecidos pelo município por meio do governo federal; o diálogo e a colaboração da família na relação do trabalho pedagógico; a relação com as crianças e a aprendizagem da leitura e da escrita. As marcas negativas revelam a falta de cursos destinados aos professores alfabetizadores; falta de formação continuada atrelada àsreais necessidades dos professores; dificuldades com a família quando os pais duvidam do trabalho que realizam; inclusão na sala de aula e a falta de apoio dos familiares nesse processo. Espera-se,que as narrativas das professoras alfabetizadoras mais experientes, contribua para uma reflexão na formação de professores, auxiliando sobretudo, os professores alfabetizadores iniciantes na profissão.



Resumo Inglês:

The present research aimed to unveil the positive and negative marks in the teaching trajectory of six experienced literacy teachers who have worked for more than fifteen years in the Municipal Education Network of Brusque (SC). The option for experienced literacy teachers is justified by the trajectory already experienced by these teachers in the exercise of their profession. Contributions were chosen as a theoretical framework Marcelo García (1999, 2009), Vaillant and Marcelo (2012, 2015), Imbernón (2010,2011), and Nóvoa (1992, 2000, 2009, 2010, 2019) to dialogue with the narratives of the participating teachers.The research has a qualitative and biographical approach called “life story”, and the data analysis occurred through discursive textual analysis. The results showed that the positive marks point to the training and courses offered by the municipality through the federal government; the dialogue and collaboration of the family in the relationship of pedagogical work; the relationship with children and learning to read and write. The negative marks reveal the lack of courses for literacy teachers; lack of continuing education linked to the real needs of teachers; difficulties with the family when the parents doubt the work they do; inclusion in the classroom and the lack of support from family members in this process. It is hoped that the narratives of the most experienced literacy teachers will contribute to a reflection on teacher training, helping, above all, literacy teachers beginning in the profession.