Do sepulcro vazio ao Olimpo revisitado: o “regresso dos deuses” depois da “morte de Deus”

Atualidade Teológica

Endereço:
Rua Marquês de São Vicente, 225 - Departamento de Teologia - PUC-Rio - Gávea
Rio de Janeiro / RJ
22451-900
Site: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/rev_ateo.php?strSecao=INDEX
Telefone: (21) 3527-1974
ISSN: 16763742
Editor Chefe: Abimar Oliveira de Moraes
Início Publicação: 30/11/1997
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Teologia

Do sepulcro vazio ao Olimpo revisitado: o “regresso dos deuses” depois da “morte de Deus”

Ano: 2019 | Volume: 23 | Número: 61
Autores: João Manuel Duque
Autor Correspondente: J. M. Duque | [email protected]

Palavras-chave: Secularização, Ateísmo, Religião, Pós-modernidade, Crucificado.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O artigo pretende descrever a situação cultural resultante do processo denominado como “morte de Deus”, na sua versão teológica como teologia negativa, na sua versão secularista como ateísmo, e na reação provocada por essas confi gurações, como “regresso dos deuses”. Nesta última dimensão, pode interpretar-se a situação pós-secular contemporânea como proliferação de experiências espirituais diversifi cadas ou como propostas utópicas, das quais sobressaem as utopias da cibercultura. Frente a estes desafi os, propõese uma revisitação do conceito cristão de Deus, a partir da sua revelação no Crucifi cado, que se relaciona de modo intrínseco com a vulnerabilidade do humano.



Resumo Inglês:

The article intends to describe the cultural situation resulting from the process known as the “death of God”, in its theological version as negative theology, in its secularist version as atheism, and in the reaction provoked by these confi gurations as “return of the gods”. In this last dimension, the contemporary post-secular situation can be interpreted as the proliferation of diversifi ed spiritual experiences or as utopian proposals, from which stand out the utopias of cyberculture. Faced with these challenges, it is proposed to revisit the Christian concept of God, from its revelation in the Crucifi ed, which is intrinsically related to the vulnerability of the human.