Efetividade do tratamento com drogas antivirais de ação direta em pacientes com hepatite C atendidos em um centro de referência no estado do Pará, Brasil, de 2017 a 2019

Revista Pan-Amazônica de Saúde (RPAS)

Endereço:
Rodovia BR-316 km 7 - s/n - Centro
Ananindeua / PA
67030-000
Site: http://revista.iec.gov.br
Telefone: (91) 03214-2185
ISSN: 2176-6223
Editor Chefe: Dóris A. S. Corrêa e Isabella M. A. Mateus
Início Publicação: 02/01/2010
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Ciências Biológicas, Área de Estudo: Ciências da Saúde, Área de Estudo: Multidisciplinar

Efetividade do tratamento com drogas antivirais de ação direta em pacientes com hepatite C atendidos em um centro de referência no estado do Pará, Brasil, de 2017 a 2019

Ano: 2020 | Volume: 11 | Número: 1
Autores: Francisco das Chagas Borges Neto, Madson Guilherme Lobato de Souza, Inah Camila do Rosário Barata Novaes, Vinícius Sousa da Silveira, Mayara Pantoja Nunes, Gabriel Castelo Branco Melo Miranda, Lizomar de Jesus Maués Pereira Moia, Maria Sílvia de Brito Barbosa, Esther Castello Branco Mello Miranda
Autor Correspondente: Francisco das Chagas Borges Neto | [email protected]

Palavras-chave: hepatite c crônica, antivirais, sofosbuvir, simeprevir, ribavirina, combinação de medicamentos

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

OBJETIVO: Avaliar a efetividade e a tolerabilidade do tratamento da hepatite C com antivirais de ação direta em pacientes portadores de hepatite C crônica, atendidos no Ambulatório de Hepatologia da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém, estado do Pará, Brasil. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo transversal, realizado com 305 pacientes em tratamento com sofosbuvir (SOF), daclatasvir (DAC) ou simeprevir (SMV) de maio de 2017 a março de 2019. Foram analisados os prontuários de 250 pacientes que concluíram o tratamento nesse período, dos quais foram avaliados dados demográficos e clínicos. RESULTADOS: Observou-se predomínio do gênero masculino (50,40%), idade média de 61,21 anos e procedência de Belém (69,20). A maioria (54,00%) era portador de cirrose, e 40,80% relatou tratamento anterior. O genótipo 1 foi encontrado em 73,60%, e o genótipo 3, em 23,20% dos casos. O esquema de tratamento mais utilizado foi SOF, DAC e ribavirina (RBV) por 12 semanas. A taxa de resposta virológica sustentada (RVS) geral encontrada foi de 97,2%. Os não respondedores eram quatro do genótipo 3 e três do genótipo 1, sendo utilizados três esquemas com SOF+DAC+RBV por 12 semanas; dois esquemas com SOF+DAC por 12 semanas; um esquema com SOF+DAC por 24 semanas; e um esquema com SOF+SMV por 12 semanas. CONCLUSÃO: Os resultados deste estudo mostraram uma população predominantemente urbana, masculina, a maioria de cirróticos, com predomínio do genótipo 1. Ressalta-se a boa tolerância e a elevada efetividade dos novos antivirais de ação direta, com uma taxa global de RVS de 97,2%.



Resumo Inglês:

OBJECTIVE: To evaluate the effectiveness and tolerability of treating hepatitis C with direct-acting antivirals in patients with chronic hepatitis C treated at the Hepatology Outpatient Clinic of Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, in Belém, Pará State, Brazil. MATERIALS AND METHODS: Cross-sectional study with 305 patients treated with sofosbuvir (SOF), daclatasvir (DCV) or simeprevir (SMV) from May 2017 to March 2019. The medical records of 250 patients who completed treatment during this period were analyzed, of which demographic and clinical data were evaluated. RESULTS: There was a predominance of males (50.40%), mean age of 61.21 years old and from Belém (69.20). Most of them (54.00%) had cirrhosis, and 40.80% reported previous treatment. Genotype 1 was found in 73.60%, and genotype 3 in 23.20% of cases. The standard treatment regimen was SOF, DCV and ribavirin (RBV) for 12 weeks. The rate of sustained virologic response (SVR) was 97.2%. n Four non-responders from genotype 3 and three from genotype 1, using three schemes with SOF+DCV+RBV for 12 weeks; two regimens with SOF+DCV for 12 weeks; a SOF+DCV regimen for 24 weeks; and a regimen with SOF+SMV for 12 weeks. CONCLUSION: The results of this study showed a predominantly urban population, most of them were men and cirrhotic, with a predominance of genotype 1. It is important to notice the good tolerance and high effectiveness of the new direct-acting antivirals with an overall SVR rate of 97.2%.