ENSINO DE QUÍMICA E LIBRAS: REFLEXÕES A RESPEITO DA EDUCAÇÃO DE SURDOS

Expressa Extensão

Endereço:
Rua Gomes Carneiro, 1 - Centro
Pelotas / RS
96010-610
Site: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/expressaextensao
Telefone: (53) 3284-3992
ISSN: 2358-8195
Editor Chefe: Paula Garcia Lima
Início Publicação: 31/05/2014
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

ENSINO DE QUÍMICA E LIBRAS: REFLEXÕES A RESPEITO DA EDUCAÇÃO DE SURDOS

Ano: 2021 | Volume: 26 | Número: 2
Autores: Cristiana de Barcellos Passinato, Eduardo Andrade Gomes, Kevin Lopes Pereira, Raquel Alves Bozzi, Nathália Barros Ferreira
Autor Correspondente: Expressa Extensão | [email protected]

Palavras-chave: Ensino de Química. Intérpretes. Libras. Professores. Surdos.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O trabalho em questão trata-se de uma ação do projeto de extensão universitária denominado “Acessibilidade em tempos de quarentena e a Covid-19” da sessão de Acessibilidade do IQ-UFRJ. O evento foi realizado envolvendo os autores, culminando em uma apresentação em formato de live, devido a atual pandemia vivida. O objetivo desse projeto é realizar, dentre outras ações, comunicações em formato virtual para difundir informações e gerar saudáveis debates entre a comunidade universitária e o público em geral, sobre a questão da inclusão e da acessibilidade, principalmente no contexto contemporâneo e mundial.  A live em pauta consistiu em uma atividade resultante de um processo extremamente cuidadoso, em que estudantes e profissionais debateram aspectos relacionados ao ensino de Química e à Língua Brasileira de Sinais (Libras). Tal sistematização circunscreveu a apresentação, em Libras, com interpretação simultânea para o Português, de quatro perspectivas em torno da educação Química para surdos, a saber, (i) experiências quanto à atividades em um projeto de extensão de educação bilíngue; (ii) a semiótica na sala de aula inclusiva a surdos; (iii) a formação de professores de Ciências da Natureza e a educação de surdos; e (iv) a relação entre os professores e os intérpretes educacionais de Libras-Português em sala de aula; seguida de uma discussão com os espectadores. O resultado foi gratificante para todos os envolvidos, em virtude da possibilidade de reunir e compartilhar atuais e relevantes questões no que tange ao ensino de Química para surdos.