Epidemiologia dos acidentes por animais peçonhentos no município de Francisco Sá, Minas Gerais, durante 2015-2017

Bionorte

Endereço:
Avenida Osmani Barbosa, 11.111 - Conjunto Residencial JK
Montes Claros / MG
39404-006
Site: http://revistas.funorte.edu.br/revistas/index.php/bionorte
Telefone: (38) 2101-9288
ISSN: 2175-1943
Editor Chefe: Árlen Almeida Duarte de Sousa
Início Publicação: 01/02/2014
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciências Biológicas, Área de Estudo: Ciências da Saúde, Área de Estudo: Multidisciplinar

Epidemiologia dos acidentes por animais peçonhentos no município de Francisco Sá, Minas Gerais, durante 2015-2017

Ano: 2021 | Volume: 10 | Número: 1
Autores: P. L. N. da Silva, P. K. R. Cruz, J. A. Pereira, T. P. Costa.
Autor Correspondente: P. L. N. da Silva | [email protected]

Palavras-chave: Animais venenosos, picadas de escorpião, mordeduras de serpentes, sistemas de informação em saúde

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Objetivo: identificar o perfil epidemiológico dos acidentes por animais peçonhentos no município de Francisco Sá, Minas Gerais, durante 2015-2017. Método: trata-se de um estudo descritivo, exploratório, retrospectivo, documental, com abordagem quantitativa, realizado no banco de dados de domínio público do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. A amostra foi composta por 207 acidentes notificados durante o período de 2015-2017. Utilizou-se um formulário semiestruturado como instrumento de coleta de dados. Os dados foram discutidos conforme epidemiologia descritiva simples. Resultados: observou-se prevalência de vítimas de acidentes por animais peçonhentos do sexo masculino (51,6%), faixa etária entre 40-49 anos (32,3%), trabalhador rural (35,7%), estadiamento leve do agravo (79,7%) e apenas um óbito notificado. Houve maior proporção de casos no ano de 2017 (38,6%), do tipo escorpiônico (79,7%), em zona rural (55,5%), com maior acometimento no mês de junho (7,2%). Conclusão: houve um aumento significativo do número de casos neste período com maior acometimento em adultos jovens, sendo estes trabalhadores rurais do sexo masculino. A clínica do evento demandou apenas observação de seis horas no hospital não havendo evolução sintomática, bem como não requerendo soroterapia profilática, de modo a estabelecer a alta hospitalar e do evento.



Resumo Inglês:

Objective: to identify the epidemiological profile of accidents by venomous animals in the municipality of Francisco Sá, Minas Gerais, from 2015 to 2017. Materials and methods: this is a descriptive, exploratory, retrospective, and documentary study, with a quantitative approach, carried out in the public domain database of the Informatics Department of the Unified Health System. The sample consisted of 207 accidents reported during the period of 2015-2017. A semi-structured form was used as a data collection instrument. Data were discussed according to simple descriptive epidemiology. Results: there was a prevalence of male victims of accidents by venomous animals (51.6%), aged 40-49 years (32.3%), rural workers (35.7%), mild staging of the condition (79.7%), and only one notified death. There  was a  greater proportion of cases in the  year 2017 (38.6%), of the scorpion type (79.7%), in rural areas (55.5%), with greater occurrence  in  the  month  of  June  (7.2%).Conclusion: male  rural  workers  are more  susceptible  and  more  exposed  to  suffering  an  accident  by venomous animals, in view of the significant increase in the number of cases in this period. It is necessary to invest in training for these workers in order to prevent this type of injury