A ESCUTA SENSÍVEL COMO INSTRUMENTO METODOLÓGICO NA FORMAÇÃO INICIAL DE DOCENTES = THE SENSITIVE LISTENING AS METHODOLOGICAL TOOL IN THE INITIAL TEACHER FORMATION

CAMINE

Endereço:
Av Eufrásia Monteiro Petráglia, 900 - Jd Dr. Antonio Petráglia
Franca / SP
14409-160
Site: http://seer.franca.unesp.br/index.php/caminhos/index
Telefone: 1637068700
ISSN: 2175-4217
Editor Chefe: Profa. Dra. Célia MAria David
Início Publicação: 30/09/2009
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Educação

A ESCUTA SENSÍVEL COMO INSTRUMENTO METODOLÓGICO NA FORMAÇÃO INICIAL DE DOCENTES = THE SENSITIVE LISTENING AS METHODOLOGICAL TOOL IN THE INITIAL TEACHER FORMATION

Ano: 2012 | Volume: 4 | Número: 2
Autores: Rosana Aparecida Ferreira Pontes, Ângela Cancherini, Maria Amélia Santoro Franco
Autor Correspondente: Ângela Cancherini | [email protected]m.br

Palavras-chave: escuta sensível, dialogicidade, formação docente.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo apresenta um estudo que alia pesquisa e formação junto a alunos de um curso de Pedagogia conveniado ao Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR). Ao considerar as peculiaridades dessa formação, uma vez que os sujeitos envolvidos, embora busquem a graduação, já possuem longa experiência prática, o estudo utiliza como instrumento metodológico a escuta sensível sugerida por René Barbier, relacionando-a com o princípio de dialogicidade em Paulo Freire. A questão que norteia o trabalho é: como promover a compreensão coletiva da prática docente em exercício, na direção da transformação dessa prática? Os resultados do trabalho indicam que a escuta sensível e o diálogo facilitam a participação dos sujeitos como colaboradores na interpretação da práxis, condição necessária para sua autonomia profissional.