ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA LICENCIATURA EM LETRAS: UM ESPAÇO-TEMPO DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DOCENTE DO PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA

Colloquium Humanarum

Endereço:
Rod. Raposo Tavares, km 572
Presidente Prudente / SP
19067175
Site: http://journal.unoeste.br/index.php/ch
Telefone: (18) 3229-2079
ISSN: 18098207
Editor Chefe: MONICA FÜRKOTTER
Início Publicação: 30/11/2003
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Educação

ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA LICENCIATURA EM LETRAS: UM ESPAÇO-TEMPO DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DOCENTE DO PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA

Ano: 2020 | Volume: 17 | Número: 1
Autores: Gislainy Jennifer da Silva Nascimento, Lívia Suassuna
Autor Correspondente: Gislainy Jennifer da Silva Nascimento | [email protected]

Palavras-chave: Formação de professores; Estágio supervisionado; Identidade docente; Profissionalização docente; Licenciatura em Letras-Português

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Há muito se vêm desenvolvendo pesquisas na área da educação acerca da formação de professores e dos estágios curriculares, como uma das formas de garantir a melhoria dos cursos de licenciatura. Muitos desses estudos buscam compreender como ocorre o processo de identificação do docente em formação com o ofício de ensinar. Nessa perspectiva, este trabalho teve como objetivo analisar a relação entre os estágios supervisionados e o processo de construção da identidade docente do professor de língua portuguesa. Desenvolvemos uma pesquisa qualitativa e documental, na qual analisamos o discurso dos estagiários manifestado em seus relatórios escritos de vivências no campo do estágio. O corpusfoi composto pelos trabalhos de 25 graduandos, concluintes do Estágio Curricular Supervisionado em Português 4, do curso de licenciatura em Letras-Português da Universidade Federal de Pernambuco,componente que consiste na regência de turma de ensino médio. Realizamos a análise dos dados com base em categorias teóricas atinentes à identidade e profissionalização docente (CORACINI, 2000; NAGAKOME, 2012; AGUIAR, 2016), à formação docente (SILVESTRE; PLACCO, 2011) e ao estágio (COSTA; LIMA, 2012; PIMENTA; LIMA, 2006). Constatamos que os estagiários reconhecem o estágio como importante etapa formativa do curso, espaço de reflexão acerca da prática pedagógica e processo de construção e reafirmação da identidade e da profissionalidadedocente. Ademais, foram identificadosdiferentes sentimentos e impactos –tanto positivos quanto negativos –causados pela vivência do exercício profissional dos formandos, que também apontaram o que ainda pode ser feito para garantir uma formação mais consistente.



Resumo Inglês:

Recent researches about teacher training and curricular internship have been developed in order to ensure the improvement of the undergraduate courses. Many of these studies seek to understand how the teacher's identifying process in the teaching profession occurs. From this perspective, this work aims to analyze the relation between supervised internship and the process of building Portuguese language teachers’ identity. We developed a qualitative and documentary research in which we analyzed the discourseof the interns expressed in their written reports of experiences during the internship. The data analysis consisted of the works of 25 undergraduates, who completed the supervised internship in Portuguese 4 of the undergraduate degree course in PortugueseLanguage at the Federal University of Pernambuco, a component that consists of conducting a High School class. We performed the analysis based on theoretical categories related to the identity and teaching professionalization (CORACINI, 2000; NAGAKOME, 2012; AGUIAR, 2016; PERES e GRECO, 2014), teacher training (SILVESTRE; PLACCO, 2011) and supervised internship (COSTA; LIMA, 2012; PIMENTA; LIMA, 2006). We concluded that the interns recognize the internship as an important formative stage of the course, a space for reflection about the pedagogical practice and the process of construction and reaffirmation of the identity and teaching professionality. Furthermore, the interns identified different feelings and impacts –both positives and negatives –as a result of their professional experience and also pointed out what can still be done to ensure a more consistent formation.