Estratégias de transcategorização de referentes em narrativas orais amazônicas: um estudo das implicações sociocognitivas para o processo de construção da atividade discursiva

Línguas e Instrumentos Linguísticos

Endereço:
Rua Sérgio Buarque de Holanda - 421 - Cidade Universitária
Campinas / SP
13083-859
Site: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil
Telefone: (19) 3521-6729
ISSN: 2674-7375
Editor Chefe: Greciely Cristina da Costa
Início Publicação: 03/12/2020
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Linguística, Letras e Artes, Área de Estudo: Linguística

Estratégias de transcategorização de referentes em narrativas orais amazônicas: um estudo das implicações sociocognitivas para o processo de construção da atividade discursiva

Ano: 2020 | Volume: 23 | Número: 45
Autores: Moura, Heliud Luis Maia
Autor Correspondente: Moura, Heliud Luis Maia | [email protected]

Palavras-chave: Referenciaçao, Transcategorizaçao, Narrativas amazonicas

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Objetiva-se, neste artigo, divulgar os resultados de uma investigação realizada com dez alunos do nono ano de uma escola de uma periferia do Rio de Janeiro. Filiados ao paradigma quali-quantitativo, perguntamos como os sujeitos de pesquisa entenderiam a argumentatividade presente em exemplares de três gêneros textuais: a notícia, a propaganda e a tirinha. Pautados na abordagem sociocognitivo-discursiva da Linguística Textual, propusemos atividades que possibilitassem uma análise linguístico-discursiva de exemplares dos gêneros propostos. Os resultados sugerem que a maior parte dos sujeitos consegue identificar a tese, quando presente nos textos, embora não consiga argumentar seu achado a partir das marcas linguísticas desses textos. Apesar de contar com poucos participantes, o estudo aponta para uma necessária metodologia que observe os gêneros em seu funcionamento, e que associe as escolhas linguísticas a esses objetivos, a fim de que os alunos de periferia possam acessar os diversos fatos sociais de forma includente.



Resumo Inglês:

This article aims to disclose the results of a research carried out with ten students from the ninth year of a peripheral school located in Rio de Janeiro. Affiliated to the Qualitative Paradigm, we’ve asked the research’s subjects how would they understand the argumentativity presented in samples of three text genres: the report, the advertising and the comic strip. Based on the Text Linguistic, we proposed activities that enabled linguistic-discursive analysis of specimens of the proposed genres. Therefore, the results reveal that that most part of the subjects can identify the thesis when presented in the texts, although they can’t argue their findings with its linguistic marks. Despite relying on few participants, the research points out to a needed methodology that observes the genres in their functioning, and that associates lexical and grammatical choices to these objectives, in order to allow periphery students access to a number of social facts, in an inclusive way.