Germinação e morfologia de diásporos e plântulas de

Revista [email protected] On-line

Endereço:
Centro de Ciências Agrárias, Campus do Caume, Universidade Federal de Roraima, Monte Cristo, Rod BR 174, s/n
/ RR
69000-000
Site: http://www.agroambiente.ufrr.br
Telefone: 95 3627 2573
ISSN: 19828470
Editor Chefe: Sandra Catia Pereira Uchôa
Início Publicação: 30/11/2007
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Agronomia

Germinação e morfologia de diásporos e plântulas de

Ano: 2014 | Volume: 8 | Número: 2
Autores: G. B. Tognon, A. C. Pimenta, M. Panobianco, F. L. Cuquel, K. C. Zuffellato-Ribas
Autor Correspondente: G. B. Tognon | [email protected]

Palavras-chave: Asteraceae, Cipsela, ornamental, planta nativa, propagação = Asteraceae, Cypsela, native plant, ornamental, propagation.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A prospecção de novas plantas ornamentais a partir de espécies nativas como Bidens segetum apresenta grande potencial para o mercado da floricultura, entretanto dependem de estudos que viabilizem sua propagação com fins comerciais. Assim, objetivou-se determinar condições para germinação, descrever e ilustrar a morfologia de diásporos e plântulas de B. segetum. Os testes da germinação foram realizados com diásporos recém colhidos, usando papel mata-borrão como substrato, em três temperaturas (15, 20 e 25°C) e com diásporos armazenados, em dois substratos (papel mata-borrão e areia) e três
temperaturas (20, 25 e 30°C). As variáveis analisadas foram: número de diásporos por grama, grau de umidade, porcentagem de germinação e índice de velocidade de germinação. Para a morfologia foram feitas medições, e caracterização da plântula e de suas estruturas. Conclui-se que o teste de germinação de diásporos de B. segetum pode ser conduzido nas temperaturas de 20 e 25 °C, com substrato papel mata-borrão. A primeira contagem deve ser realizada no quarto dia após a semeadura encerrando-se aos quinze dias após o início do teste. A unidade de dispersão de B. segetum é o fruto do tipo cipsela, monospérmico, contendo um embrião reto, axial e hialino. A germinação é do tipo epígea.



Resumo Inglês:

The prospect of new ornamental plants from native species such as Bidens segetum has great potential for the floriculture market, however, this depends on studies that enable its propagation for commercial purposes. This research aimed to define conditions from germination and to describe and illustrate the morphology of diaspores and seedlings of B. segetum. The germination study was performed with freshly harvested diaspores using a paper substrate at three temperatures (15, 20, and 25°C) and diaspores stored with two substrates (paper and sand) at three temperatures (20, 25, and 30°C). The variables analyzed were: number of diaspores per gram, moisture content, germination percentage, and germination speed index. For morphology, measurements were made to characterize the seedlings and their structures. Based on the results, it is concluded that the germination test of diaspores of B. segetum can be performed at temperatures of 20 to 25°C, using paper as substrate, in the presence of constant light. The first count should be performed the fourth day after sowing, and end fifteen days after the start of the test. The dispersion unit of B. segetum is the fruit of cypsela type, monospermic, containing a straight, axial, and hyaline embryo. Germination is epigeous.