Imigração e ocupação do território Kaingang da Serrinha

Ágora - UNISC

Endereço:
Avenida Independência, 2293 - Bloco 5, Sala 506
Santa Cruz do Sul / RS
1
Site: http://online.unisc.br/seer/index.php/agora/index
Telefone: (51) 3717-7378
ISSN: 19826737
Editor Chefe: [email protected]
Início Publicação: 28/02/1995
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: História

Imigração e ocupação do território Kaingang da Serrinha

Ano: 2014 | Volume: 16 | Número: 1
Autores: José Antonio Moraes do Nascimento
Autor Correspondente: José Antonio Moraes do Nascimento | [email protected]

Palavras-chave: Kaingang, território, ocupação, apropriação

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O estudo da ocupação e apropriação dos territórios Kaingang da Serrinha pretende demonstrar o processo histórico da luta destes indígenas para manter ou conquistar a posse da terra, bem como abordar a chegada dos colonos, descendentes de imigrantes e pequenos proprietários, que ocuparam os territórios Kaingang, numa região especifica do Rio Grande do Sul, do início até meados do século XX. Atualmente essa área abrange os municípios de Constantina, Engenho Velho, Ronda Alta e Três Palmeira, ou seja, ao norte do estado. A problemática central foi a luta pela terra, principal razão da migração e dos conflitos, pois, ao mesmo tempo, camponeses caboclos expulsos do campo e, principalmente, os filhos de imigrantes, buscaram novas terras ocupando as áreas dos indígenas. A ocupação dos colonos resultou na expulsão dos indígenas de seu território, estabelecendo uma situação conflituosa e de rivalidade.



Resumo Inglês:

The study of occupation and ownership of territories Kaingang Serrinha plans to demonstrate the historical process of the struggle of indigenous peoples to maintain or gain possession of the land and dealing with the arrival of settlers, descendants of immigrants and smallholders who occupied the territories Kaingang a specific region of Rio Grande do Sul, the early to mid-twentieth century. Currently this area includes the cities of Constantina, Engenho Velho, Ronda Alta e Três Palmeira, ie, north of the state. The central issue was the struggle for land, the main reason of migration and conflict, because at the same time, peasants expelled from the field and shifting cultivators, especially the children of immigrants, sought new areas of land occupying the Indians. The occupation of settlers resulted in the expulsion of Indians from their territory, establishing a situation of conflict and rivalry.