Instrumentos linguísticos e discursos de disponibilização de/em instrumentos digitais de aprendizagem

Línguas e Instrumentos Linguísticos

Endereço:
Rua Sérgio Buarque de Holanda - 421 - Cidade Universitária
Campinas / SP
13083-859
Site: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil
Telefone: (19) 3521-6729
ISSN: 2674-7375
Editor Chefe: Greciely Cristina da Costa
Início Publicação: 03/12/2020
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Linguística, Letras e Artes, Área de Estudo: Linguística

Instrumentos linguísticos e discursos de disponibilização de/em instrumentos digitais de aprendizagem

Ano: 2019 | Volume: 0 | Número: 44
Autores: Coelho, Cidarley Grecco Fernandes
Autor Correspondente: Coelho, Cidarley Grecco Fernandes | [email protected]

Palavras-chave: Instrumentos linguisticos, Historia das ideias linguisticas, Instrumentos digitais de aprendizagem

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Pela História das Ideias Linguísticas, este trabalho faz uma análise da relação entre tecnologia e ensino, a partir de um fragmentário de saberes, com sua historicidade sobre a língua, disponíveis em rede digital. Levando em conta que Estado, instituições e saberes se apresentam na divisão dos sentidos, na tensão entre o dito e o não dito, considerando a contradição e o político – a análise busca a opacidade nos discursos de disponibilização de conteúdos educacionais em redes digitais. A análise possibilita refletir sobre o caráter material e o processo de significação dos instrumentos linguísticos pela sua historicidade, como objetos históricos e discursivos – e na sociedade contemporânea significada pelo digital. Compreender os processos de significação desses instrumentos, em sua dispersão, é o objetivo. Além disso, também se e como a materialidade digital passa a (re)significar esses objetos enquanto instrumentos que constituem os saberes linguísticos relacionados ao ensino da língua.



Resumo Inglês:

Based upon the History of Linguistic Ideas, this work analyzes the relationship between technology and teaching, based on a fragmentary knowledge, with historicity about the language, available in a digital network. Taking into account that the State, institutions and knowledge present themselves in the division of the senses, in the tension between what is said and what is not said, considering the contradiction and the political - the analysis seeks the opacity in the discourses of educational contents available in digital networks. The analysis makes it possible to reflect on the material character and the process of meaning of the linguistic instruments by their historicity, as historical and discursive objects - and in the contemporary society signified by the digital. Understanding the processes of meaning of these instruments, in their dispersion, is the goal. In addition, if and how digital materiality (re)signifies these objects as instruments that constitute the linguistic knowledge related to language teaching.