A LEITURA E A ESCRITA NA DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: EXPERIÊNCIAS QUE FAVORECERAM O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO

Colloquium Humanarum

Endereço:
Rod. Raposo Tavares, km 572
Presidente Prudente / SP
19067175
Site: http://journal.unoeste.br/index.php/ch
Telefone: (18) 3229-2079
ISSN: 18098207
Editor Chefe: MONICA FÜRKOTTER
Início Publicação: 30/11/2003
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Educação

A LEITURA E A ESCRITA NA DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: EXPERIÊNCIAS QUE FAVORECERAM O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO

Ano: 2022 | Volume: 19 | Número: 1
Autores: Juliana de Souza Borges Munhoz, Carmen Lúcia Dias, Daniela Ferreira dos Santos
Autor Correspondente: Juliana de Souza Borges Munhoz | [email protected]

Palavras-chave: Alfabetização. Deficiência Intelectual. Métodos de Alfabetização.Construtivismo.Experiências

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Os estudantes com deficiência intelectual correspondem a 67% dopúblico-alvo da educação especial. Trata-se de um transtorno do neurodesenvolvimento, caracterizado por déficits nas funções intelectuais e adaptativas em que épossível observar um tempo a mais para se apropriar da leitura e da escrita, a compreender a linguagem escrita e dificuldade relacionada ao pensamento abstrato. Assim sendo, é importante que os docentes conheçam os métodos e as teorias que estão à sua disposição no processo de alfabetização.O objetivo desta pesquisa consistiu em reunir experiências brasileiras que contribuíram para o avanço do processo de aquisição da leitura e da escrita de estudantes com deficiência intelectual. Para tanto, desenvolvemos uma pesquisa bibliográfica, consultando as bases de dados Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), ScientificElectronicLibrary Online (Biblioteca Eletrônica Científica –Scielo)e Google Acadêmico(GA). Como resultados, verificamos experiências que utilizaram os métodos Fonovisuoarticulatório, Abacada e Fônico e uma prática que não utilizou um método específico. Observamos que nenhuma prática partiu do todo para as partes, sendo comum atodas o ensino das letras, das sílabas e o empenho dos envolvidos em proporcionar uma metodologia propiciasse o alcance do objetivo proposto. Esperamos que este trabalho contribua para um repensar das atividades propostas, para a inclusão, o desenvolvimento das máximas potencialidades e a formação integral do estudante.



Resumo Inglês:

Students with intellectual disabilities account for 67% of students targeted by special education. It is a neurodevelopmental disorder, characterized by deficits in intellectual and adaptive functions, it is possible to observe an extra time to appropriate reading and writing, to understand written language and difficulties related to abstract thinking. Thus, it is important that teachers know the methods and the theories that are available in the literacy process. The objective of this research consisted in gathering Brazilian experiences that contributed to the advance of the process of reading and writing acquisition of students with intellectual deficiency. For this purpose, we developed a bibliographic research, consulting the Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel -CAPES), Biblioteca Digital Brasileira de Tesese Dissertações (Brazilian Digital Library of Theses and Dissertations -BDTD), Scientific Electronic Library Online (Scielo)and Academic Google databases(GA). As a result, we verified experiments that used the Phonovisuoarticulatory, Abacada and Phonic methods and a practice that did not use a specific method. We observed that none of the practices started from the whole to the parts, being common to all of them the teaching of letters, syllables and the commitment of those involved in providing a methodology to achieve the proposed objective. We hope that this work will contribute to a rethinking of the proposed activities, towards inclusion, the development of the maximum potential and the comprehensive education of the student.



Resumo Espanhol:

Los estudiantescondiscapacidadesintelectualesrepresentanel 67% de losestudiantes a los que se dirige laeducación especial. Es untrastornodelneurodesarrollo, caracterizado por déficits enlas funciones intelectuales y adaptativas, esposible observar untiempo extra para lalectura y escritura adecuadas, para comprenderellenguaje escrito y lasdificultades relacionadas conelpensamientoabstracto. Por lo tanto, es importante que los maestros conozcanlos métodos y lasteorías que estándisponibles para ellosenelproceso de alfabetización. El objetivo de esta investigaciónfue recopilar experienciasbrasileñas que contribuyeron al avance delproceso de adquisición de lectura y escritura de estudiantescondiscapacidad intelectual. Para ello, desarrollamos una investigación bibliográfica, consultando las bases de datos de laCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Coordinación para elPerfeccionamientodelPersonal de Educación Superior -CAPES), laBiblioteca Digital Brasileira de Tesese Dissertações (Biblioteca Digital Brasileña de Tesis y Disertaciones–BDTD), Biblioteca electrónica científica en línea (Scielo)y Google Académico(GA). Como resultado, verificamos experimentos que utilizaronlos métodos Fonovisuoarticulatorio, Abacada yPhonic y una práctica que no utilizóun método específico. Observamos que ninguna de lasprácticaspasabadel todo a las partes, siendocomún a todas laenseñanza de letras, sílabas y elcompromiso de los involucrados en brindar una metodología para lograr el objetivo propuesto. Esperamos que este trabajocontribuya a unreplanteamiento de lasactividadespropuestas, para lainclusión, eldesarrollodel máximo potencial y laformación integral delalumno.