A Linguagem Mariológica dos Padres Capadócios

Atualidade Teológica

Endereço:
Rua Marquês de São Vicente, 225 - Departamento de Teologia - PUC-Rio - Gávea
Rio de Janeiro / RJ
22451-900
Site: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/rev_ateo.php?strSecao=INDEX
Telefone: (21) 3527-1974
ISSN: 16763742
Editor Chefe: Abimar Oliveira de Moraes
Início Publicação: 30/11/1997
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Teologia

A Linguagem Mariológica dos Padres Capadócios

Ano: 2018 | Volume: 22 | Número: 60
Autores: Maria Freire da Silva
Autor Correspondente: M. F. da Silva | [email protected]

Palavras-chave: Linguagem Mariológica, Maria Virgem, Mãe de Deus.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A presente reflexão pretende verificar a linguagem mariológica na segunda metade do século IV, na Capadócia. Há um grande florescimento no pensamento teológico através de Basílio de Cesaréia, Gregório Nazianzeno e Gregório de Nissa. Primeiramente seu interesse versa sobre a cristologia e teologia trinitária. Defensores da fé nicena contra os arianos, constituem o ponto de referência do pensar teológico Patrístico Oriental. A reflexão sobre Maria nesse período articula-se sempre com a defesa da divindade, ou com humanidade de Jesus Cristo. Daí a importância da questão sobre a Virgem Maria nos padres capadócios.

 



Resumo Inglês:

This refl ection intends to examine mariological language in the second half of the fourth century in Cappadocia. There is a great fl ourishing in theological thought through Basil of Caesarea, Gregory of Nazianzus and Gregory of Nyssa. Their interest primarily deals with Christology and Trinitarian theology. Defenders of the Nicene faith against the Arians, they constitute the reference point for Eastern Patristic theological thought. Refl ection on Mary in this period is always articulated with a defense of the divinity or of the humanity of Jesus Christ. Therefore, the importance of the question of the Virgin Mary in the thought of the Cappadocian fathers.