LITERATURA INFANTIL E PROTOCOLOS DE LEITURA: UMA ANÁLISE DE MAMÃE NUNCA ME CONTOU, DE BABETTE COLE

REVISTA DE LETRAS [email protected]

Endereço:
Avenida dos Ingás, 3001 Jardim Imperial Sala L10
Sinop / MT
78555-000
Site: http://sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/norteamentos
Telefone: (66) 3511-2138
ISSN: 19838018
Editor Chefe: Rosana Rodrigues da Silva e Neusa Inês Philippsen
Início Publicação: 30/06/2008
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Letras

LITERATURA INFANTIL E PROTOCOLOS DE LEITURA: UMA ANÁLISE DE MAMÃE NUNCA ME CONTOU, DE BABETTE COLE

Ano: 2017 | Volume: 10 | Número: 21
Autores: R. dos S. S. Rubim, J. S. da Silva
Autor Correspondente: R. dos S. S. Rubim, J. S. da Silva | [email protected]

Palavras-chave: Literatura infantil. Protocolos de leitura. Babette Cole

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Neste estudo procuramos evidenciar os protocolos de leitura inscritos na obra de literatura
Mamãe nunca me contou, da escritora e ilustradora inglesa Babette Cole elencando temas em
destaque que vão ao encontro de questões de emancipação do sujeito, passíveis de diálogos
tanto no ambiente de educação formal quanto fora dele. A partir de uma perspectiva históricocultural
atravessada pelos pressupostos teóricos de Roger Chartier, situamos o presente nas
discussões sobre a literatura infantil e suas funções no mundo social, assim como sobre o livro
como objeto cultural. Os resultados favorecem a desmitificação do paradigma acerca desse tipo
de produção literária.