O Espaço da Biodiversidade: uma leitura teológica da criação na perspectiva da sustentabilidade ambiental

Atualidade Teológica

Endereço:
Rua Marquês de São Vicente, 225 - Departamento de Teologia - PUC-Rio - Gávea
Rio de Janeiro / RJ
22451-900
Site: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/rev_ateo.php?strSecao=INDEX
Telefone: (21) 3527-1974
ISSN: 16763742
Editor Chefe: Abimar Oliveira de Moraes
Início Publicação: 30/11/1997
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Teologia

O Espaço da Biodiversidade: uma leitura teológica da criação na perspectiva da sustentabilidade ambiental

Ano: 2011 | Volume: 15 | Número: 37
Autores: Lúcio Flávio Ribeiro Cirne
Autor Correspondente: L. F. R. Cirne | [email protected]

Palavras-chave: Leitura Trinitária da Criação, o Conceito Geográfico de Espaço, Sociobiodiversidade, Sustentabilidade Ambiental.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O presente texto pretende abordar a teologia da criação numa perspectiva
ecológica. Para tanto, parte de uma leitura trinitária da criação como
fundamento da biodiversidade do mundo criado. Essa leitura se enriquece
quando recorremos ao conceito geográfico de espaço, cuja ênfase na dimensão
social do ambiente nos faz ver que o cuidado ecológico se alinha com o
respeito à pluralidade das culturas. Tal visão integradora/inclusiva do ambiente
constitui a base para a sustentabilidade, a igualdade e a justiça social, e
converge para uma compreensão teológica segundo a qual a criação, como
imagem do Deus Trinitário, pode ser considerada o lugar da diferença e da
pluralidade.



Resumo Inglês:

The present text intends to analyze the theology of creation in a perspective
based on ecology. In order to do so, it starts from a trinitarian vision of creation
as the basis of the created world’s biodiversity. This view is enriched
with the geographic concept of space, whose emphasis on the social dimension of the environment enables one to conclude that the ecological care
aligns itself with the respect towards the plurality of cultures. This integrating/inclusive
perspective of the environment composes the grounds for sustainability,
equality and social justice, and converges to a theological understanding
according to which the creation, as a trinitarian image of God, may
be considered a place of difference and plurality.