O JORNAL ESCOLAR COMO RECURSO PEDAGÓGICO

Revista de Estudos Acadêmicos de Letras

Endereço:
Av. Tancredo Neves, 1095 - Cavalhada
Cáceres / MT
78200000
Site: http://periodicos.unemat.br/index.php/reacl
Telefone: (65) 3221-0000
ISSN: 2358-8403
Editor Chefe: Taisir Mahmudo Karim
Início Publicação: 30/06/2014
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Letras

O JORNAL ESCOLAR COMO RECURSO PEDAGÓGICO

Ano: 2016 | Volume: 9 | Número: 1
Autores: Andrea Larisse Castro Moura
Autor Correspondente: Andrea Larisse Castro Moura | rodrigo.santan[email protected]

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A escola representa muitas vezes a única oportunidade do jovem leitor estar em contato com o livro. É necessário propiciar de forma diversificada e interativa, um jeito de trazê-los ao mundo da leitura, contribuindo na sua forma de pensar, agir dentro de sua realidade. O estudo tem por objetivo analisar como se desenvolve a prática da leitura e escrita dos alunos por meio do desenvolvimento do seu pensamento crítico para a criação de textos, a partir do trabalho embasado em uma proposta didática e interativa, a qual estimula o uso de seus conhecimentos de mundo ao escrever as matérias. Assim, a utilização do Jornal contribuirá para transformar esse suporte em ferramenta pedagógica estimulante à leitura e a escrita, através do contato com conceitos básicos desse gênero e como suas características da teoria a prática da construção do Jornal escolar. Na Metodologia optou-se por uma pesquisa do Tipo Bibliográfica, numa abordagem básica e qualitativa e de embasamento fundamentado em referências de autores principalmente como Freinet, Faria Costa, Mikhail Bakhtin dentre outros, utilizando a concretização do ato através da leitura, discussão e escrita de textos. Os Resultados apontam que o jornal na escola possibilitará a realização de atos comunicativos, viabilizando esse aluno o contato direto com os diversos gêneros, incorporando a relação produtor – leitor de textos. Neste sentido infere-se que o trabalho com o jornal em sala de aula na prática, propiciará aos alunos um rico conhecimento cultural e social, tornando a prática da leitura e escrita uma atividade prazerosa e significativa.