O Meio Ambiente do Teletrabalho e as Doenças do Teletrabalhador

Revista Internacional CONSINTER de Direito

Endereço:
Rua General Torres, 1.220 L 15 e 16, Centro Comercial D’Ouro 4400-096 - Vila Nova de Gaia/Porto Portugal - Brasil: Av. Munhoz da Rocha, 143, Juvevê
Curitiba / PR
80030-475
Site: http://www.editorialjurua.com/revistaconsinter
Telefone: (41) 4009-3947
ISSN: 2183-6396
Editor Chefe: Luiz Augusto de Oliveira Junior
Início Publicação: 30/06/2015
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Direito

O Meio Ambiente do Teletrabalho e as Doenças do Teletrabalhador

Ano: 2018 | Volume: 4 | Número: 6
Autores: Maria de Lourdes C. de Almeida; Maria Cristina C. de Almeida; Maria Helena de Carvalho.
Autor Correspondente: Maria de Lourdes C. de Almeida; Maria Cristina C. de Almeida; Maria Helena de Carvalho. | [email protected]

Palavras-chave: Direito do Trabalho; Meio ambiente do trabalho; Teletrabalho.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Uma vez que o trabalho vem ocupando a maior parte do tempo do ser humano, o homem dedica uma parcela cada vez maior de sua vida em seu ambiente de trabalho e às atividades relativas a este. O meio ambiente do trabalho está mais presente na vida cotidiana do que qualquer outra situação. Com isso, as doenças do homem moderno estão mais relacionadas à suas atividades profissionais. Essa intensificação adoece os trabalhadores pelos excessos e pelas más condições oferecidas para a execução do trabalho. O meio ambiente do trabalho influi nas condições físicas, psicológicas e no desempenho do trabalhador. A qualidade de vida do cidadão depende, em grande escala, da qualidade do meio ambiente onde ele trabalha. No teletrabalho fatores do meio ambiente do trabalho estão relacionados às ocorrências de doenças ocupacionais. A forma de organização e execução do teleatendimento traz em si peculiaridades no seu modus operandi que diferenciam o seu local de funcionamento interno, dos postos de trabalho convencionais. Nos chamados Call Centers, a condução da atividade e todas as demais estruturas fazem do meio ambiente do teletrabalho, um campo rico para o desencadeamento de doenças físicas e psicológicas nos trabalhadores, segundo dados estatísticos do Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS. Um dos primeiros trabalhos abordando o tema foi o artigo La névrose des téléphonistes[4] de Louis Le Guillant. O Projeto de Lei PL 6.787/2016 que tramita no Senado traz algumas regulamentações sobre a categoria profissional do teletrabalho, sem entretanto abordar questões relativas ao meio ambiente laboral.



Resumo Inglês:

 Since work is occupying most of the time of the human being, man devotes an increasing portion of his life to his work environment and activities related to it. The working environment is more present in everyday life than any other situation. With this, the diseases of modern man are more related to his professional activities. This intensification sickens the workers for the excesses and the poor conditions offered for the execution of the work. The work environment influences the physical, psychological and performance conditions of the worker. The quality of life of the citizen depends, to a great extent, on the quality of the environment in which he works. In teleworking environmental factors of work are related to the occurrences of occupational diseases. The form of organization and execution of the tele-service has in itself peculiarities in its modus operandi that differentiate its place of internal operation, of the conventional workstations. In the Call Centers, the conduction of the activity and all other structures make the environment of teleworking a rich field for the triggering of physical and psychological illnesses in the workers, according to statistical data of the National Institute of Social Security. One of the earliest works addressing the subject was the article La névrose des téléphonistes[5] by Louis Le Guillant. The Law Bill 6787/2016 that is processed in the Senate brings some regulations on the professional category of telework, without however addressing issues related to the working environment.