O MINÉRIO DE FERRO DA ALMA: O DIALETO “CAMACO” ITABIRANO

REVISTA DE LETRAS [email protected]

Endereço:
Avenida dos Ingás, 3001 Jardim Imperial Sala L10
Sinop / MT
78555-000
Site: http://sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/norteamentos
Telefone: (66) 3511-2138
ISSN: 19838018
Editor Chefe: Rosana Rodrigues da Silva e Neusa Inês Philippsen
Início Publicação: 30/06/2008
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Letras

O MINÉRIO DE FERRO DA ALMA: O DIALETO “CAMACO” ITABIRANO

Ano: 2016 | Volume: 9 | Número: 20
Autores: F. A. S. Clemente
Autor Correspondente: F. A. S. Clemente | [email protected]

Palavras-chave: Itabira, Camaco, linguagem Itabirana.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A identidade de um povo é caracterizada por vários “artefatos”. Um deles é o dialeto. O estudo
buscou identificar narrativas sobre a história da criação do dialeto Camaco, bem como suas
principais características e, analisar como esse dialeto se mantém nos dias de hoje. A pesquisa
utilizou-se de entrevistas em profundidade e pesquisa documental. Adotou-se também um
questionário para conhecer a abrangência da linguagem na atualidade. Conclui-se que existem
várias histórias acerca desse dialeto, mas que este artefato denota as raízes da identidade cultural
do povo itabirano, que aos poucos vem sendo modificada