Os anos 1960 e o horizonte utópico da juventude católica

Atualidade Teológica

Endereço:
Rua Marquês de São Vicente, 225 - Departamento de Teologia - PUC-Rio - Gávea
Rio de Janeiro / RJ
22451-900
Site: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/rev_ateo.php?strSecao=INDEX
Telefone: (21) 3527-1974
ISSN: 16763742
Editor Chefe: Abimar Oliveira de Moraes
Início Publicação: 30/11/1997
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Teologia

Os anos 1960 e o horizonte utópico da juventude católica

Ano: 2018 | Volume: 22 | Número: 60
Autores: Wellington Teodoro da Silva, Daniel Roch
Autor Correspondente: W. T. da Silva, D. Roch | [email protected]

Palavras-chave: Igreja Católica e Política, Catolicismo e Revolução, Juventude Católica, Utopia.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo trata das crenças de setores progressistas da juventude católica brasileira durante a década de 1960, especialmente as relações entre sua concepção de “fé cristã” e suas perspectivas revolucionárias no campo político e social. Na primeira seção do texto, buscamos apresentar as expectativas e expressões de fé de parte dos jovens católicos desse período. Ressaltamos a importância de se entender as concepções de cristianismo desses jovens tendo como pano de fundo o contexto político, teológico, social e cultural dos anos 1960, tanto nacional quanto internacional. Na sequência, analisamos a dimensão utópica e revolucionária da fé desses jovens. A partir de uma refl exão sobre o conceito de utopia, buscamos demonstrar como o “espírito revolucionário” e elementos da fé cristã – especialmente ligados a concepções escatológicas – se amalgamaram no horizonte de expectativas da juventude católica.



Resumo Inglês:

This article deals with the beliefs of progressive sectors of Brazilian Catholic youth during the 1960s, especially the relationship between their conception of “Christian faith” and their revolutionary perspectives in the political and social fi eld. In the fi rst section of the text, we seek to present the expectations and expressions of faith on the part of the young Catholics of this period. We emphasize the importance of understanding the conceptions of Christianity of these young people against the backdrop of the political, theological, social and cultural context of the 1960s, both nationally and internationally. In the following, we will analyze the utopian and revolutionary dimension of the faith of these young people. From a refl ection on the concept of utopia, we seek to demonstrate how the “revolutionary spirit” and elements of the Christian faith - especially linked to eschatological conceptions - have amalgamated into the expectations horizon of Catholic youth.