Os caixeiros viajantes como agentes formadores de redes sociais no Rio Grande do Sul

Ágora - UNISC

Endereço:
Avenida Independência, 2293 - Bloco 5, Sala 506
Santa Cruz do Sul / RS
1
Site: http://online.unisc.br/seer/index.php/agora/index
Telefone: (51) 3717-7378
ISSN: 19826737
Editor Chefe: [email protected]
Início Publicação: 28/02/1995
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: História

Os caixeiros viajantes como agentes formadores de redes sociais no Rio Grande do Sul

Ano: 2018 | Volume: 20 | Número: 1
Autores: C. Mühlen, R. L. Santos
Autor Correspondente: R. L. Santos | [email protected]

Palavras-chave: caixeiros viajantes, redes sociais, Rio Grande do Sul

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este trabalho tem por objetivo apresentar alguns apontamentos acerca do projeto de pesquisa intitulado “Homens de negócios e de relações: os caixeiros viajantes como agentes formadores de redes sociais no Rio Grande do Sul (segunda metade do século XIX e primeira metade do século XX)”.Este projeto encontra-se em fase de desenvolvimento e visa empreender uma análise da formação de redes sociais, econômicas e políticas estabelecidas pelos caixeiros viajantes no Rio Grande do Sul, contemplando o recorte temporal que inicia na segunda metade do século XIX até a primeira metade do século XX, período em que essa profissão passa a sofrer um declínio. Percebemos que estes agentes sociais são analisados de forma ainda muito precária pela historiografia, sobretudo no Rio Grande do Sul. Tendo em vista que os caixeiros viajantes desempenharam um papel de considerável importância econômica e, em decorrência disso, também se ocuparam de estabelecerem vínculos diversos e formas de sociabilidade, almejamos dar maior visibilidade para estes agentes históricos e, concomitantemente, visibilizar as estratégias utilizadas por eles, a partir de uma apreciação crítica de suas trajetórias pessoais, embasados em robusto embasamento teórico e metodológico, coerente com os avanços recentes da historiografia na área das relações sociais.



Resumo Inglês:

This paper aims to present some notes about the research project entitled "Business men and relations traveling clerks as agents for social networking in Rio Grande do Sul (second half of the nineteenth century and first half of the twentieth century)”. This project is in the development phase and aims to undertake an analysis of the formation of social, economic and political networks established by the traveling clerks in Rio Grande do Sul, contemplating the temporal cut that begins in the second half of the nineteenth century until the first half of the twentieth century, a period in which this profession begins to suffer a decline. We perceive that these social agents are analyzed in a very precarious way by historiography, especially in Rio Grande do Sul. Given that the traveling clerks played a role of considerable economic importance and, as a result, they also worked to establish diverse and forms of sociability, we aim to give greater visibility to these historical agents and, at the same time, to visualize the strategies used by them, based on a critical appraisal of their personal trajectories, based on a robust theoretical and methodological foundation, consistent with the recent advances in historiography in area of social relations.