PERFIL DAS INTERNAÇÕES PEDIÁTRICAS EM UM HOSPITAL DO INTERIOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Revista Saber Digital

Endereço:
Rua Sargento Vitor Hugo, 161 - Bairro de Fátima
Valença / RJ
27600-000
Site: http://revistas.faa.edu.br/index.php/SaberDigital
Telefone: (24) 2453-0700
ISSN: 19828373
Editor Chefe: Lilian Cristina de Sousa Oliveira Batista Cirne
Início Publicação: 02/01/2008
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Educação física, Área de Estudo: Enfermagem, Área de Estudo: Medicina, Área de Estudo: Odontologia, Área de Estudo: Multidisciplinar

PERFIL DAS INTERNAÇÕES PEDIÁTRICAS EM UM HOSPITAL DO INTERIOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Ano: 2020 | Volume: 13 | Número: 2
Autores: Ana Carolina do Amaral Santos de Carvalho Rocha, Thainá Scramim de Almeida, João Romero do Amaral Santos de Carvalho Rocha, Lya Moore Marques, Mariana de Castro Villela, Natália Barbosa Nunes Romaniel
Autor Correspondente: Ana Carolina do Amaral Santos de Carvalho Rocha | [email protected]

Palavras-chave: Pediatrics, hospitalization, morbidity, child health, Pediatria, hospitalização, morbidade,saúde da criança

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Objetivo: Avaliar o perfil das hospitalizações da população pediátrica em um hospital no interior do estado do Rio de Janeiro. Material e Métodos: Trata-se de um estudo com delineamento transversal, do tipo quantitativo e observacional, descritivo e retrospectivo, que analisou faixa etária de 0 a 10 anos e 364 dias, por meio da avaliação dos prontuários médicos, por um período de cinco anos. As informações sobre as internações hospitalares foram obtidas no Hospital Escola Valença, hospital público de referência do município de Valença – RJ. As variáveis estudadas foram: faixa etária, sexo, diagnóstico e desfecho da internação (alta, óbito ou transferência). Para caracterizar a amostra, foram apresentadas tabelas de distribuição de frequência segundo as variáveis. Os dados foram processados e analisados por meio do software estatístico R, versão 3.2.2. Resultados: A faixa etária com maior prevalência de internação foi a de lactente, principalmente do sexo masculino, com relação ao desfecho das internações o que predominou foi a alta médica e a principal causa de internação foi doença do trato respiratório, dando enfoque às pneumonias, seguido de doenças infecciosas. Conclusão: O conhecimento das causas de internação por faixa etária mais comumente envolvida, sexo e seu desfecho pode fornecer aos profissionais de saúde a ampliação dos seus conhecimentos para tratarem e diagnosticarem as doenças mais prevalentes na infância e adolescência, além de atuarem de forma mais efetiva na prevenção destas patologias.



Resumo Inglês:

Objective: To evaluate the profile of hospitalizations of the pediatric population, with age range from 0 to10 years and 364 days, through the evaluation of medical records, for a period of five years. Material and methods: this is a cross-sectional, quantitative and observational, descriptive and retrospective study. The information abouthospital admissions was obtained at Hospital Escola Valença, a public reference hospital in the cityof Valença -RJ. The variables studied were: age group, sex, diagnosis and outcome of hospitalization (discharge, death or transfer). To characterize the sample, frequency distribution tables were presented according to the variables. The data were processed and analyzed using the statistical software R, version 3.2.2. Results: the age group with the highest prevalence of hospitalization was nursling, mainly male, inregard to the outcome of hospitalizations, whatpredominated was medical discharge and the main cause of hospitalization was respiratory tract diseases, focusing on pneumonia, followed by infectious diseases. Conclusion: Thus, knowledge of the causes of hospitalization by age group most commonly involved, sex and its outcome can provide to health professionals the expansion of their knowledge to treat and diagnose the most prevalent diseases in childhood and adolescence, in addition to acting more effectively in preventing these pathologies.