Políticas de Preservação Digital: o caso do Brasil em relação à Colômbia e Austrália

Em Questão

Endereço:
Rua Ramiro Barcelos 2705, sala 519
Porto Alegre / RS
90035 007
Site: http://seer.ufrgs.br/EmQuestao
Telefone: (51) 3308-2141
ISSN: 1808-5245
Editor Chefe: Samile Andréa de Souza Vanz
Início Publicação: 01/01/1986
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Ciência da informação

Políticas de Preservação Digital: o caso do Brasil em relação à Colômbia e Austrália

Ano: 2022 | Volume: 28 | Número: 3
Autores: Tânia Barbosa Salles Gava, Daniel Flores
Autor Correspondente: Tânia Barbosa Salles Gava | [email protected]

Palavras-chave: Preservação digital, Política de preservação digital, Plano de preservação digital, Critérios para a elaboração de políticas de preservação digital

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O artigo tem como objetivo discutir sobre políticas de preservação digital para documentos arquivísticos digitais: o que são, critérios para sua elaboração, níveis para uma política de preservação digital e seu contexto nos Repositórios Arquivísticos Digitais Confiáveis, analisando a estrutura da política de preservação digital do Arquivo Nacional do Brasil com as políticas do Arquivo Geral da Nação da Colômbia e do Arquivo Nacional da Austrália. A metodologia adotada foi a da pesquisa exploratória, bibliográfica e documental. O artigo traz como resultados os principais elementos das políticas de preservação dos Arquivos Nacionais do Brasil, Colômbia e Austrália, bem como uma comparação da política do Brasil com as políticas da Colômbia e da Austrália. Concluímos que a política colombiana é muito mais compacta, provavelmente por estar associada a um documento muito mais amplo que apresenta aspectos da preservação digital, ações, estratégias e técnicas de preservação digital e ações de nível cultural para assegurar a preservação digital. Em relação à política australiana, observou-se que ela se mostrou mais completa que a política brasileira, abordando todos os seus aspectos, e trazendo dois itens a mais: Pesquisa e Colaboração; Habilidades e Treinamento, não contemplados na política brasileira.



Resumo Inglês:

The article aims to discuss digital preservation policies for digital archival documents: what they are, criteria for their elaboration, levels for a digital preservation policy and their context in the Trusted Digital Archival Repositories, comparing thedigital preservation policy structure of the National Archives of Brazil with the General Archives of the Nation of Colombia and the National Archives of Australia policies. The adopted methodology was the exploratory bibliographical and documentary research. The article brings, as results, the main preservation policy elements of the National Archives of Brazil, Colombia and Australia, as well as a comparison of the Brazil’s policy with the Colombia and Australia’s policies. We conclude that Colombian policy is much more compact, probably because it is associated with a much broader document that presents aspects of digital preservation, digital preservation actions, strategies and techniques, and cultural-level actions to ensure digital preservation. In relation to Australian policy, it was observed that it was more complete than Brazilian policy, addressing all its aspects, and bringing two more items: Research and Collaboration; Skills and Training, not covered by Brazilian policies.