Por entre redes e tramas: a indumentária de pescadores e maricultores da Freguesia de Santo Antônio de Lisboa (Florianópolis-SC)

dObra[s]

Endereço:
RUA CARDOSO DE ALMEIDA, 788 - CONJ 144
São Paulo / SP
05013-011
Site: http://dobras.emnuvens.com.br/dobras
Telefone: (11) 4191-8183
ISSN: 2358-0003
Editor Chefe: Maria Claudia Bonadio
Início Publicação: 30/09/2007
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

Por entre redes e tramas: a indumentária de pescadores e maricultores da Freguesia de Santo Antônio de Lisboa (Florianópolis-SC)

Ano: 2015 | Volume: 9 | Número: 18
Autores:
Autor Correspondente: A. Q. Campos | [email protected]

Palavras-chave: antropologia visual, indumentária, moda, cultura, pescador.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este estudo teve como objetivo questionar a indumentária de pescadores e maricultores em vínculo com o exercício de suas atividades, bem como sua inserção, ou não inserção, social em uma sociedade de moda. Esses homens que, mesmo revestindo os corpos com roupas, se encontram – ao menos no momento laboral – à deriva da moda. No caso dos pescadores, é notável o desgaste e esmerilhamento dos trajes e do próprio corpo, que no presente trabalho – mas também nos trabalhos de Mauss, Vidal, Lynch e Strauss – é considerado parte constituinte da indumentária. O corpo ultrapassa o caráter biológico. É manipulado, moldável.