Propagação de Schlumbergera truncata (Haw): alternativas ao uso do xaxim

Revista [email protected] On-line

Endereço:
Centro de Ciências Agrárias, Campus do Caume, Universidade Federal de Roraima, Monte Cristo, Rod BR 174, s/n
/ RR
69000-000
Site: http://www.agroambiente.ufrr.br
Telefone: 95 3627 2573
ISSN: 19828470
Editor Chefe: Sandra Catia Pereira Uchôa
Início Publicação: 30/11/2007
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Agronomia

Propagação de Schlumbergera truncata (Haw): alternativas ao uso do xaxim

Ano: 2015 | Volume: 9 | Número: 3
Autores: R. F. Zanotti, L. B. Motta , J. C. Lopes , L. H. G. Mengarda , C. E. C. Paiva
Autor Correspondente: Rafael Fonseca Zanotti | [email protected]

Palavras-chave: Auxina. Estaca. Flor-de-maio.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A Schlumbergera truncata é uma cactaceae ornamental, propagada por estacas, e o xaxim é um dos substratos utilizados. Devido à ameaça de extinção do xaxim, torna-se necessário avaliar substratos alternativos. A utilização de substratos adequados e o uso de substâncias promotoras de organogênese, como as auxinas, auxiliam no processo de propagação vegetativa. Dessa maneira, objetivou-se com este trabalho avaliar o desenvolvimento de estacas de S. truncata em diferentes substratos e o efeito do AIB na organogênese. Foram realizados seis tratamentos, que consistiram na combinação de três substratos (pó de xaxim; pó de coco e substrato comercial), bem como na presença (600 mg L-1) ou ausência de AIB. Foram utilizadas 20 estacas por tratamento, sendo distribuídas em cinco repetições com quatro estacas por repetição, em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 2 (substratos x AIB). Não houve interação significativa entre os fatores, sendo avaliados isoladamente. Nos substratos pó de xaxim, substrato comercial e pó de coco, as estacas apresentaram 3,0; 3,7 e 1,3 brotos por planta, respectivamente. Após exposição à solução de AIB com 0 e 600 mg L-1, as estacas apresentaram 2,2 e 3,1 brotos por planta, respectivamente. Tanto o substrato pó de xaxim quanto o substrato comercial são eficientes para propagação de S. truncata. Portanto, sendo o xaxim (Dicksonia sellowianna) uma espécie da Mata Atlântica que se encontra em extinção, recomenda-se a utilização de substrato comercial e uso do regulador de crescimento AIB para promover incremento de brotação.