Qual feminismo? Reflexões sobre o feminismo conservador e a escrita militante de Amélia Rodrigues (1861-1926)

Acervo

Endereço:
Praça da República - 173 - Centro
Rio de Janeiro / RJ
20211-350
Site: http://www.revistaacervo.an.gov.br
Telefone: (21) 2179-1341
ISSN: 2237-8723
Editor Chefe: Thiago Mourelle / Flora Lobosco
Início Publicação: 01/01/1986
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências Humanas, Área de Estudo: História, Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Ciência da informação

Qual feminismo? Reflexões sobre o feminismo conservador e a escrita militante de Amélia Rodrigues (1861-1926)

Ano: 2020 | Volume: 33 | Número: 2
Autores: Ana Paula Vosne Martins
Autor Correspondente: Ana Paula Vosne Martins | [email protected]

Palavras-chave: feminismo; conservadorismo; catolicismo; agência feminina

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O artigo trata de um tema pouco explorado pela história das mulheres, as relações entre o feminismo e o catolicismo conservador do começo do século XX. Analisa a disputa em torno do significado do feminismo nos textos da escritora baiana Amélia Rodrigues, em suas considerações a respeito do sufragismo e da ação social das mulheres católicas.

Resumo Inglês:

The article discusses the relations between feminism and catholic conservatism from the beginning of the 20th century, a subject that has not been widely explored by women's studies. It also analyzes the disputes around the meaning of feminism in Amélia Rodrigues's texts, a writer from Bahia, starting from her considerations about suffragism and the social action of catholic women.

Resumo Espanhol:

El artículo trata de las relaciones entre el fe-minismo y el catolicismo conservador del co-mienzo del siglo XX, un tema poco explorado por la historia de las mujeres. También anali-za la disputa alrededor del significado del feminismo en los textos de Amélia Rodrigues, escritora de Bahia, partiendo de sus conside-raciones con respecto al sufragismo y la ac-ción social de las mujeres católicas.