Representação documental para acesso e visibilidade aos graffiti

Em Questão

Endereço:
Rua Ramiro Barcelos 2705, sala 519
Porto Alegre / RS
90035 007
Site: http://seer.ufrgs.br/EmQuestao
Telefone: (51) 3308-2141
ISSN: 1808-5245
Editor Chefe: Samile Andréa de Souza Vanz
Início Publicação: 01/01/1986
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Ciência da informação

Representação documental para acesso e visibilidade aos graffiti

Ano: 2022 | Volume: 28 | Número: 3
Autores: Fábio Rogério Batista Lima, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa Santos, Zaira Regina Zafalon
Autor Correspondente: Fábio Rogério Batista Lima | [email protected]

Palavras-chave: Graffiti, Documento, Representação documental, Patrimônio cultural material

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A produção artística é um dos vestígios do patrimônio cultural material e imaterial deixado pelo ser humano ao longo de sua existência. As manifestações artísticas estão também nos muros das cidades, locais que consagram a efemeridade dos graffiti, com suas superfícies alteradas e apagadas diariamente. Diante disso, questiona-se: como é possível garantir a persistência dos graffiti como recurso informacional e, por consequência, atestar o seu acesso e visibilidade às futuras gerações? Como objetivo geral propõe-se um modelo de representação documental de graffiti, vocacionado ao acesso e à visibilidade, com características descritivas, temáticas, culturais, espaço-temporais e ideológicas. Para o seu alcance definem-se como objetivos específicos: avaliar métodos e apresentar instrumentos disponíveis para a descrição do graffiti que deem condições para sua persistência e identificação como recurso informacional. Esse artigo, com abordagem qualitativa e natureza aplicada, busca objetivos descritivos e exploratórios e faz uso de procedimentos bibliográficos e documentais. Como contribuições destacam-se: discussão dos recursos informacionais e da representação documental como objeto da Ciência da Informação, do graffiti como manifestação cultural, da efemeridade da arte de rua, com destaque para os graffiti, e da consagração de recursos informacionais como bens culturais materiais.



Resumo Inglês:

The artistic production is one of the vestiges of the material and immaterial cultural heritage left by human beings throughout their existence. The artistic manifestations are also on the walls of cities, places that enshrine the ephemeral nature of graffiti, where their surfaces are changed and whitewashed frequently. Due to that, the question is: how can graffiti persistence be guaranteed as an information resource and, consequently, attest its access and visibility to future generations? As a general objective, it is proposed a graffiti document representation model, oriented to access and visibility, with descriptive, thematic, cultural, space-temporal, and ideological characteristics. Its scope is defined as specific objectives: to discuss graffiti and its ephemeral aspects, including on account to evaluate methods and instruments that provide conditions for the persistence of graffiti and its identification as an information resource. This research, with a qualitative and applied approach, seeks descriptive and exploratory objectives and makes the use of bibliographic and documentary procedures. As contributions include: discussion of information resources and documentary representation as the object of Information Science, graffiti as a cultural manifestation, the ephemerality of street art, with emphasis on graffiti and the consecration of information resources as material cultural goods.