RESULTADO DA TRIAGEM AUDITIVA NEONATAL REALIZADA EM BRASÍLIA DE MINAS

Bionorte

Endereço:
Avenida Osmani Barbosa, 11.111 - Conjunto Residencial JK
Montes Claros / MG
39404-006
Site: http://revistas.funorte.edu.br/revistas/index.php/bionorte
Telefone: (38) 2101-9288
ISSN: 2175-1943
Editor Chefe: Árlen Almeida Duarte de Sousa
Início Publicação: 01/02/2014
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciências Biológicas, Área de Estudo: Ciências da Saúde, Área de Estudo: Multidisciplinar

RESULTADO DA TRIAGEM AUDITIVA NEONATAL REALIZADA EM BRASÍLIA DE MINAS

Ano: 2016 | Volume: 5 | Número: 2
Autores: E. F. Silva, F. R. Santos, R. M. Leite, L. A. R. Rossi-Barbosa, M. R. Barbosa-Medeiros
Autor Correspondente: L. A. R. Rossi-Barbosa | [email protected]

Palavras-chave: Audição. Neonatos. Triagem. Hospitais.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo deste estudo foi descrever o perfil dos recém-nascidos submetidos à triagem auditiva neonatal em um hospital no Município de Brasília de Minas – MG. Trata-se de um estudo com abordagem quantitativa, descritiva e retrospectiva, realizado no norte de Minas Gerais, no município de Brasília de Minas, com 1.442 neonatos que foram atendidos pelo serviço de saúde auditiva durante o período de Janeiro de 2013 a Dezembro de 2014. Foram coletadas informações através de acesso ao banco de dados do Setor de Triagem Auditiva Neonatal do hospital e aos prontuários que continham as seguintes informações: sexo, tipo de parto, peso ao nascimento, risco à surdez, resultado dos testes auditivos, e resultado do reteste. O número de recém-nascidos que passaram na primeira etapa da triagem foi de 1.421 (98,5%). Destes, 115 (8%) necessitaram de uma reavaliação completa após alguns dias de acompanhamento, pois, ainda que tenham passado na triagem, apresentavam algum fator de risco. Das 21 crianças que falharam na triagem, 3 (0,2%) foram submetidos a um novo diagnóstico após falhar na etapa de reteste. Os recém-nascidos assistidos pelo Serviço de Saúde Auditiva do hospital predominantemente apresentavam poucos fatores de risco e baixo número de falhas na triagem.



Resumo Inglês:

The aim of this study was to describe the profile of newborn underwent the newborn hearing screening in a hospital in the city of Brasilia de Minas - MG. This is a study with a quantitative, descriptive and retrospective approach, carried out in the north of Minas Gerais, in Brasília de Minas, with 1,442 newborns that were treated by hearing health service from January 2013 to December 2014. Information was collected through access to the Newborn Hearing Screening Service database of hospital and medical records containing the following information: gender, type of delivery, birth weight, risk of deafness, hearing tests results, and retesting results. The number of newborns who have passed the first stage of screening was 1,421 (98,5%). Of these, 115 (8%) required a complete re-evaluation after a few days of monitoring, because, although they have passed the screening, they presented some risk factor. Of the 21 children who failed the screening, 3 (0,2%) underwent a new diagnosis after failing the retest step. Newborns assisted by the Hearing Health Service of the hospital predominantly had few risk factors and low number of screening.