REVELAÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM O ESPELHO DE GUIMARÃES ROSA

REVISTA DE LETRAS [email protected]

Endereço:
Avenida dos Ingás, 3001 Jardim Imperial Sala L10
Sinop / MT
78555-000
Site: http://sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/norteamentos
Telefone: (66) 3511-2138
ISSN: 19838018
Editor Chefe: Rosana Rodrigues da Silva e Neusa Inês Philippsen
Início Publicação: 30/06/2008
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Letras

REVELAÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM O ESPELHO DE GUIMARÃES ROSA

Ano: 2017 | Volume: 10 | Número: 21
Autores: M. L. Leal, J.C. D. Leal
Autor Correspondente: M. L. Leal, J.C. D. Leal | [email protected]

Palavras-chave: questão, revelação, transformação, homem.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Neste artigo serão postas em diálogo as áreas literária e filosófica a partir do conto de
Guimarães Rosa, O espelho e o pensamento do filósofo Martin Heidegger, mais precisamente
no que tange às questões relativas à revelação e transformação do homem. No conto,
apresentam-se pontos que coadunam com a vertente proposta por Heidegger, a saber, de que os
conceitos não conseguem dar conta não apenas das questões, como também da visão do homem
sobre si mesmo, permeada de ilusórias perspectivas. Objetiva-se demonstrar que o homem
afastou-se das questões que o cercam, na tentativa de suprimir o incômodo gerado pela
indefinição de si