Um espartilho para dançar: processos criativos para o figurino do espetáculo Valsa nº 30, Téssera Companhia de Dança da UFPR

dObra[s]

Endereço:
RUA CARDOSO DE ALMEIDA, 788 - CONJ 144
São Paulo / SP
05013-011
Site: http://dobras.emnuvens.com.br/dobras
Telefone: (11) 4191-8183
ISSN: 2358-0003
Editor Chefe: Maria Claudia Bonadio
Início Publicação: 30/09/2007
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Multidisciplinar

Um espartilho para dançar: processos criativos para o figurino do espetáculo Valsa nº 30, Téssera Companhia de Dança da UFPR

Ano: 2015 | Volume: 9 | Número: 18
Autores: V. F. S. Tessari, R. O. Côrrea
Autor Correspondente: V. F. S. Tessari | [email protected]

Palavras-chave: figurino, Téssera, processos criativos.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo tem como objetivo descrever algumas práticas a respeito dos processos de criação de figurinos para espetáculos da Téssera Companhia de Dança, da UFPR. Para isso, utilizamos entrevistas narrativas extensas realizadas com uma das coreógrafas da companhia, imagens dos figurinos e pesquisa bibliográfica. Como resultado foi possível perceber que, na Téssera, se compreende o figurino como elemento de comunicação e composição de personagens. Sua principal função é compor a obra, e sua confecção é realizada em paralelo à produção do espetáculo.