UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA ATIVA NO ENSINO SUPERIOR DA SAÚDE: REVISÃO INTEGRATIVA

Arquivos de Ciências da Saúde da Unipar

Endereço:
Praça Mascarenha de Moraes, 4282 - UNIPAR - Zona III
Umuarama / PR
87502210
Site: http://revistas.unipar.br/saude
Telefone: (44) 3621-2812
ISSN: 1982-114X
Editor Chefe: Francislaine Aparecida Dos Reis Lívero
Início Publicação: 31/01/1997
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências da Saúde

UTILIZAÇÃO DA METODOLOGIA ATIVA NO ENSINO SUPERIOR DA SAÚDE: REVISÃO INTEGRATIVA

Ano: 2021 | Volume: 25 | Número: 2
Autores: LEITE, K. N. S.; SOUSA, M. N. A. de; NASCIMENTO, A. K. de F.; SOUZA, T. A. de.
Autor Correspondente: LEITE, K. N. S. | [email protected]

Palavras-chave: Metodologia ativa, Educação superior, Ensino superior em saúde, Active methodology, College education, Higher education in health

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Introdução: Um dos desafios da atual formação dos profissionais da área da saúde é estarem atualizados e preparados para o mercado de trabalho. E, para isso tem-se a necessidade de mudanças curriculares, e o uso das metodologias ativas nesse processo de ensino é uma realidade e necessidade. Objetivo: investigar quais os tipos de metodologias ativas estão sendo mais utilizadas na formação de profissionais da saúde. Metodologia: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura com a utilização da técnica em cinco etapas. As palavras “metodologia ativa” AND saúde AND “ensino superior”; “metodologia ativa” AND “ensino superior”, foram inseridas na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), integrada pelas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Literatura Internacional em Ciências da Saúde (MEDLINE), bem como pela biblioteca Scientific Electronic Library Online (SciELO). Após a inserção dos critérios de inclusão e exclusão foram selecionados 10 artigos para compor a amostra, que foram apresentados sob a forma de um quadro sintético. Resultados e discussão: De acordo com análise obteve-se a construção de três categorias: Aplicação da Aprendizagem Baseada em Problemas-ABP; metodologias ativas participativas; utilizando a simulação na educação em saúde, revelando a aplicabilidade da metodologia na teoria e prática de curso de graduação e pós-graduação na área da saúde. Conclusão: Neste estudo foi possível observar os principais tipos de metodologias ativas utilizadas na área da saúde, tais como a baseada na problematização; metodologias ativas participativas (o arco de Charles Maguerez, gincana virtual) e utilizando a simulação na educação em saúde, servindo como modelos impulsionadores para mudanças no processo de ensino aprendizagem.



Resumo Inglês:

Introduction: One of the challenges of the current training of health professionals is to make them be updated and prepared for the labor market. In order to reach those objectives, curricular changes are necessary, as well as the use of active methodologies in the teaching process. Purpose: to investigate which types of active methodologies are the most widely used in the training of health professionals. Methodology: This is an integrative literature review using the five-stage technique. The words “active methodology” AND “health” AND “higher education”; “Active methodology” AND “higher education” were included in the Virtual Health Library (VHL), which integrates the Latin American and Caribbean Health Sciences Literature (LILACS), International Health Sciences Literature (MEDLINE) databases, as well as the Scientific Electronic Library Online library (SciELO). After inserting the inclusion and exclusion criteria, a total of 10 articles were selected to compose the sample, which were presented as a summary table. Results and discussion: According to the analysis, three categories were created: Application of Problem-Based Learning - PBL; active participatory methodologies; using simulation in health education, revealing the applicability of the methodology in the theory and practice in undergraduate and graduate courses in the health area. Conclusion: In this study, the main types of active methodologies used in the health area could be observed, such as the ones based on problematization; active participatory methodologies (the Charles Maguerez arc, virtual gymkhana), and using simulation in health education, serving as models for triggering changes in the teaching-learning process.