Educação Especial e as Tecnologias Assistivas

Revista Educação em Contexto

Endereço:
Avenida Quinta Avenida - Q. 71, Nº 212 - Setor Leste Vila Nova
Goiânia / GO
74643-030
Site: http://revistaseduc.educacao.go.gov.br/
Telefone: (62) 3243-6802
ISSN: 2764-8982
Editor Chefe: Fábio Júlio Alves Borges
Início Publicação: 06/09/2022
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Educação

Educação Especial e as Tecnologias Assistivas

Ano: 2022 | Volume: 1 | Número: 1
Autores: D. C. S. Alexandre
Autor Correspondente: D. C. S. Alexandre | [email protected]

Palavras-chave: educação especial, tecnologias assistivas, ensino a distância.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Em tempos de pandemia e com o advento do Ensino a Distância ou remoto decorren-te das restrições impostas ao enfrentamento da doença, foi necessário que os professores adaptassem seus métodos e ferramentas de transmissão de conhecimento e apoio ao aprendizado, de modo a oferecer aos seus alunos acesso a atividades educativas a fim de minimizar a falta de contato diário tí-pico do ensino presencial. Este artigo tem como objetivo descrever como o processo ensino-aprendizagem, foi afetado pela in-trodução do Ensino a Distância para alunos com necessidades especiais, detalhando a importância do uso da Tecnologias Assistivas (TA) neste período histórico para a Educação Brasileira, enumerando as diferentes ferramentas de aprendizagem e seus usos em cotidiano da comunidade escolar; elencar argumentos a favor do uso de TA no processo educacional de alunos com deficiência; identificar aspectos que facilitam ou dificultam o processo de aprendizagem de alunos especiais; evidenciando o uso das TA como ferramenta facilitadora do processo ensino-aprendizagem. Na pesquisa, foram identificadas diversas dificuldades enfrentadas pelos alunos em suas residências: falta de equipamentos, rotina de estudos inadequada, falta de espaço reservado para horas de estudo e ausência de tutor ou familiar comprometido e capacitado para dar suporte à Educação Especial. A conclusão é que o Ensino a Distância ou remoto decorrente das restrições impostas pela pandemia trouxe grandes prejuízos para a Educação Especial nos anos de 2020 e 2021, o que foi minimizado, em grande parte, por iniciativas individuais de aplicação de TA no âmbito do Ensino a Distância.



Resumo Inglês:

In times of a pandemic and with the advent of distance or remote learning resulting from the restrictions imposed to face the disease, it was necessary for teachers to adapt their methods and tools for transmitting knowledge and supporting learning, in order to offer their students access to educational activities in order to minimize the lack of daily contact typical of face-to-face teaching. This article aims to describe how the teaching-learning process was affected by the introduction of distance learning for students with special needs, detailing the importance of the use of Assistive Technologies (AT) in this historical period for Brazilian education, enumerating the different learning tools and its uses in everyday life in the school community; listing arguments in favor of the use of AT in the educational process of students with disabilities; identifying aspects that facilitate or hinder the learning process of special students; evidencing the use of AT as a tool to facilitate the teaching-learning process. In the research, several difficulties faced by students in their homes were identified: lack of equipment, inadequate study routine, lack of space reserved for study hours, and a committed tutor or family member who is able and trained to support special education. The conclusion is that distance or remote learning resulting from the restrictions imposed by the pandemic brought great damage to special education in the years 2020 and 2021, which was minimized, largely by individual initiatives to apply AT in the scope of distance learning.