Estar junto virtual ampliado: movimentos na/para educação a distância

Tecnologias, Sociedade e Conhecimento

Endereço:
Rua Seis de Agosto, 50 - Bloco V da Reitoria - 2º Piso - Cidade Universitária
Campinas / SP
13083-873
Site: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tsc
Telefone: (19) 3521-7350
ISSN: 2318-8839
Editor Chefe: Prof. Dr. José Armando Valente e Profa. Dra. Maria Cecília Calani Baranauskas
Início Publicação: 11/11/2013
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciência da computação, Área de Estudo: Educação, Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Multidisciplinar

Estar junto virtual ampliado: movimentos na/para educação a distância

Ano: 2020 | Volume: 7 | Número: 1
Autores: F. F.FERNANDES , S. SCHERER
Autor Correspondente: F. F. FERNANDES | [email protected]

Palavras-chave: tecnologias digitais de informação e comunicação, atitudes, estilos de uso do virtual, espaço virtual, ambiente virtual de aprendizagem

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo deste artigo é discutir pesquisas sobre uma abordagem para a Educação a Distância (EaD), denominada “Estar Junto Virtual Ampliado” (EJVA). Essa abordagem foi proposta inicialmente em uma pesquisa de mestrado, para análise de interações em cursos de Licenciatura em Matemática, e estudos foram ampliados em uma pesquisa de doutorado, ao se propor e analisar essa abordagem em uma disciplina, em um curso de Licenciatura em Matemática a distância. Na EJVA, se considera as interações entre indivíduos e desses com o objeto do conhecimento e com as tecnologias digitais determinantes dos movimentos de aprendizagem em ambientes virtuais. Essas interações são afetadas pela atitude de habitante e pela relação entre atividades propostas e estilos de usos do virtual dos aprendizes.



Resumo Inglês:

The purpose of this article is to present a theoretical study on an approach to Distance Education (DE), called “Being Together Virtual Expanded” (EJVA). This approach is based on studies by Valente (2005) on the “Being Together Virtual” approach, articulated with studies on the Cycle of Actions (VALENTE, 2005), student and teacher attitudes in virtual environments (SCHERER, 2005) and styles of use of the virtual space (BARROS, 2013). In the EJVA approach, interactions between individuals, objects of knowledge and digital technologies are determinants of learning movements in virtual environments. These interactions are affected by attitudes and the relationship between proposed activities and styles of student’s virtual uses.