Uma análise sócio-histórica sobre a instrumentalidade profissional no serviço social

Libertas

Endereço:
Campus Universitáro UFJF
Juiz de Fora / MG
Site: http://[email protected]r
Telefone: (32) 2102-3759
ISSN: 1980-8518
Editor Chefe: Carina Berta Moljo
Início Publicação: 01/01/2001
Periodicidade: Semestral

Uma análise sócio-histórica sobre a instrumentalidade profissional no serviço social

Ano: 2017 | Volume: 17 | Número: 1
Autores: Lindamar Alves Faermann
Autor Correspondente: Lindamar Alves Faermann | [email protected]

Palavras-chave: Serviço Social, instrumentalidade profissional

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este  artigo  oferece  uma  análise  sócio-histórica  sobre  a  instrumentalidade  profissional  no  campo  do serviço  social  brasileiro.  Busca  explicitar  os  elementos  teóricos,  técnicos  e  políticos  presentes  nesta discussão atrelados ao movimento contraditório da realidade social. O texto centra-se em duas partes articuladas e complementares. A primeira elucida o modo como a instrumentalidade foi apreendida e utilizada  nos  primórdios  da  profissão  à  década  de  60.  A  segunda  faz  essa  análise  no  contexto  da renovação  profissional  à  implementação  das Diretrizes  Curriculares  de  1996,  problematizando  a temática na atualidade, tendo como eixo analítico a nova proposta de formação profissional.



Resumo Inglês:

This  article  offers  a  socio-historical  analysis  on  the  of  professional  instrumentality  in  the  Brazilian social worl field. Seeks to clarify the theoretical, technical and political elements in this discussion tied to   the   contradictory   movement   of   social   reality.   The   text   focuses   on   two   articulated   and complementary parts. The first clarifies the  way in which the  instrumentality was seized  and used in the  early  days  of  the  profession  at  1960`s  decade.  The  secondmakes  this  analysis  in  the  context  of professional  renewal  to  the  implementation  of  the  Curriculum  Guidelines  of  1996,  questioning  the theme today, with the new proposal of professional formation as analytical axis